Artigos sobre:

Sobrenatural

A Prisão Assombrada da Filadélfia

A Prisão Assombrada da Filadélfia

A História da Penitenciária Assombrada por Almas Penadas e Sofredoras

A Penitenciária Estadual da Filadélfia, nos EUA, é um museu e também palco de festas de Halloween. Mas sua história macabra começa ainda no século XIX, quando foi construída, no ano de 1829. A Prisão foi feita para ser um exemplo de regime disciplinar fechado, para onde iriam alguns dos piores criminosos dos Estados Unidos do Século XIX

O regime fechado era bastante rígido e o objetivo era levar o significado da palavra isolamento ao extremo. Tanto que os presos se passavam o dia inteiro, totalmente isolados. As refeições, os exercícios e outras tarefas eram feitas de maneira que os presos não tivessem contato uns com os outros.

Quando iam fazer algum tipo de deslocamento, eles tinham seus rostos cobertos com capuzes, de maneira que não houvesse contado visual deles com outros presos e com o ambiente da prisão, de maneira e evitar brigas e também planos de fuga.

Os castigos físicos faziam parte do sistema disciplinar da prisão que entrou em decadência com a superlotação. Além disso, o alto custo e os novos tempos, fizeram com que a prisão fosse fechada em 1970. desde então, os visitantes relatam uma série de fenômenos sobrenaturais e misteriosos dentro dos corredores assustadores da prisão.

Risadas macabras ecoam pelas celas vazias, vultos e sombras espreitam, emitindo grunhidos atrás das portas encostadas nas duras e frias paredes. Segundo as lendas locais, os vultos são as almas dos presos que morreram dentro da prisão.

As risadas seriam as vítimas inconformadas dos presos, que se alimentam do desespero daqueles aprisionados às celas úmidas, mesmo depois de mortos. Além disso, as lembranças assustadoras de tantas atrocidades que foram cometidas dentro da prisão e trazidas na memória dos presos, causam sensações estranhas aos visitantes mais sensitivos.

E Se For Verdade?

Fonte: Lugares Misteriosos.

A Praia Assombrada de Guarapari

A Praia Assombrada de Guarapari

Segundo as Lendas Urbanas Locais, a Praia dos Padres Seria Assombrada

Segundo os Moradores e turistas que já frequentaram o local, seria possível escutar barulho de barcos e pescadores trabalhando à beira da praia. Porém, quando se chega no curto trecho de areia, não há nada lá. 

Além disso, há relatos do que parecia uma enorme reunião de pessoa, como se uma vila estivesse em plena atividade na praia. Porém, mais uma vez, ao chegar à beira-mar nada havia. A praia é um pouco isolada, você deve seguir um caminho entre os coqueiros e descer algumas pedras para chegar lá. 

Apesar de pequena e sem estrutura, a praia dos padres é considerada um paraíso, ainda que haja crença de que ela seja assombrada.. Segundo consta ainda, a origem do nome da praia refere-se ao fato de diversos padres terem ido benzer a praia para que as vozes da vila e dos pescadores parassem de assustar as pessoas.

Outro fenômeno que amedrontava as pessoas era com a maré alta que, no dia seguinte, produzia mudanças no local, especialmente nas raízes das castanheiras em volta da praia, que ficavam semelhantes a dedos velhos e assustadores.

E Se For Verdade?

Fonte: Guarapari Virtual

A Boneca de Cingapura

A Boneca de Cingapura

A Assustadora História da Boneca Demoníaca Encontrada em Cingapura

Uma estranha boneca foi encontrada em circunstâncias misteriosas em uma estrada em Cingapura. A assustadora boneca de porcelana foi encontrada com uma venda nos olhos e alguns dizeres no pano, um vestido branco, rendado, com detalhes em cor de rosa e já bastante surrado. A boneca de porcelana também aparenta sinais de desgaste, embora não pareça um brinquedo tão antigo.

Assim que encontrada, a Boneca de Cingapura ganhou fama e fez com que crianças e adultos passassem noites em claro com as histórias aterrorizantes ligadas à aparição do brinquedo.

Os Poderes da Boneca de Cingapura

A Lenda Urbana que gira em torno da boneca demoníaca é que não se deve tirar a venda de seus olhos. Caso contrário, ela, com poderes de ler sua mente, estará à sua espera quando você voltar para casa. Além disso, a venda possui uma palavras escrita em árabe que significaria algo como: ’em nome de Deus’.

Entre outros boatos relacionados à aparição da Boneca demoníaca, ela seria possuída por uma entidade antiga e carregaria um tipo de maldição, que seria passada para cada novo dono do brinquedo.

A Boneca de Cingapura teria poderes sobrenaturais: comunicação telepática, uma voz feminina para comunicação verbal (embora seus lábios não se mexam), além da telecinese e do teletransporte.

A Maldição da Boneca de Cingapura

A maldição da boneca demoníaca está ligada à venda nos olhos. Segundo relatos, os antigos proprietários descobriram que os poderes da boneca ficam limitados quando ela está com a venda nos olhos.

Quando retirada a venda, a boneca poderia dominar e perseguir seu dono, porém, assim que vendada, deveria ser levada a um lugar longe de onde morava seu antigo dono. Pois assim ela não poderia saber o caminho de volta. Quando outra pessoa a encontra e, ainda que inocentemente, tira a venda, a maldição prossegue fazendo suas vítimas.

E Se For Verdade?

O Misterioso Mirin-Dajo

O Misterioso Mirin-Dajo

O Homem Com o Poder Sobrenatural de Atravessar Espadas e Floretes por Seu Corpo, Sem Se Ferir.

Nas décadas de 30/40, o Holandês Arnold Gerrit Henskes, mais conhecido como Mirin-Dajo assombrou o mundo ao fazer suas exibições bizarras com floretes e espadas.

Segundo o próprio Mirin-Dajo, aos 30 e poucos anos ele teria recebido um recado de Deus a respeito de seu corpo. Ele descobrira que, ao contrário dos seres humanos, seu corpo era mais resistente ou quase indestrutível.

Para provar, ele deveria fazer perfurações em seu corpo para entender que ele não sangraria como as outras pessoas, muito menos sofreria danos nos tecidos ou mesmo a morte quando fosse submetido às sessões de perfuração que iniciaria a seguir.

A propósito de divulgar sua mensagem sobre a espiritualidade e a existência de um Deus divino, e também dos poderes de seu corpo, Mirin-Dajo põe em marcha suas caravanas com apresentações para platéias e programas de televisão.

A epopéia de Mirin-Dajo também passou por entrevistas a grandes revistas e demonstrações públicas e em laboratórios da veracidade do poder indestrutível de seu corpo.

As façanhas de Mirin-Dajo eram aplaudidas e, ao mesmo tempo, contestadas. Havia de fato um poder sobrenatural em seu corpo que permitia que ele fosse atravessado por espadas e florins em diversas partes do corpo, inclusive com os objetos atravessando seu coração, e continuar vivo?

Muitos afirmam que Mirin-Dajo passou por vários testes que comprovaram a sua capacidade de ser indestrutível. Como a famosa reportagem da Revista Time, sobre um teste realizado em Zurique, onde Mirin-Dajo vivia. Nesta ocasião ele teria assombrado os médicos incrédulos com sua invulnerabilidade às feridas.

Apresentações de Mirin-Dajo

Em 1948, segundo ele contou, foi instruído por seres superiores a engolir uma agulha de aço, para que ela fosse removida através de uma cirurgia. Com esse procedimento, ficaria comprovada sua invulnerabilidade aos prováveis ferimentos causados por estes objetos.

O Procedimento foi feito e, com sucesso, a agulha foi retirada com cirurgia realizada na cidade de Zurique. Porém, alguns dias depois da cirurgia, durante sua recuperação, o holandês de corpo indestrutível, foi encontrado morto em sua cama.

Segundo a autópsia, ele teria sido vítima de um rompimento da artéria Aorta. Informação que foi contestada por pessoas próximas que realmente acreditavam nas façanhas de Mirin-Dajo.

E Se For Verdade?

O iPhone Assombrado

O iPhone Assombrado

Este caso ocorreu em 2016, quando um jovem adquiriu um iPhone novo, segundo os relatos. Mas este iPhone seria assombrado!

Ao ligar o iPhone, o jovem teria navegado por suas telas conhecendo as novidades do modelo até que resolveu acessar a câmera do celular. Quando clicou no botão de câmera do iPhone, o jovem teria percebido uma miniatura no canto inferior esquerdo da tela. Normalmente, essas miniaturas representam a última foto tirada pelo iPhone.

Intrigado, o jovem teria ampliado a tela até constatar que era uma imagem perturbadora do que aprecia ser uma mulher jovem com olhos e boca machucados, em avançado estágio de cianose.

Ao que tudo indicava era a imagem da cabeça de um suposto cadáver. Assustado, o jovem saiu da tela e foi até o botão de galeria de fotos num esforço para entender o que estava acontecendo. Suas suspeitas de que o iPhone era Assombrado ficaram mais fortes quando percebeu que a galeria de fotos estava vazia.

Não havia registro da imagem ou de quando ela poderia ter sido tirada. O Jovem teria levado o iPhone Assombrado a uma assistência técnica em busca de ajuda, porém, ao que tudo indica, o problema nunca foi solucionado, pois não havia como tirar a imagem miniatura do suposto cadáver, mesmo quando o técnico redefiniu as configurações do iPhone Assombrado.

Veja neste vídeo a história em detalhes.

Mas o iPhone era mesmo assombrado? E Se For Verdade?

Caixa Dibbuk

Caixa Dibbuk

Conheça o Objeto Amaldiçoado onde Viveria o Demônio

O Comerciante Kevin Mannis, em busca de antiguidades para sua loja, encontra em vendas de garagem diversos objetos interessantes e bastante lucrativos. Como sempre faz, ele sai para o que seria mais um dia de caça a objetos valiosos.

Naquele dia, uma caixa de madeira chama a atenção de Kevin que decide comprá-la, após pagar, ele é alertado por uma mulher que a caixa possui um Dibbuk. Indiferente ao que seria isso, ele agradece e vai embora com a Caixa Dibbuk e outros objetos para sua loja.

O que é um Dibbuk?

Segundo a mitologia Judaica, Dibbuk é uma entidade demoníaca que costuma possuir pessoas vivas em busca de satisfazer suas necessidades. Uma vez que conquista seus objetivos ela deixa o corpo para possuir outro deixando um rastro de maldades e malefícios.

Os Dibbuks São Entidades Possessivas Que Causam Dor e Sofrimento aos Seus Possuídos.
Os Dibbuks São Entidades Possessivas Que Causam Dor e Sofrimento aos Seus Possuídos.

Além disso, atribui-se a esses espíritos chamados Dibbuk, um passado de muita maldade e uma grande culpa pelos males causados, o que faria com que a entidade estivesse sempre em movimento para fugir da vingança dos desencarnados mortos por ela, mas inda podendo continuar sua sina de possessão e destruição.

A Caixa Dibbuk Faz Suas Primeiras Vítimas

Uma das funcionárias de Kevin, sem saber do que se tratava o objeto, ouve barulhos estranhos no estoque da loja e decide verificar. Quando ela desce as escadas se depara com objetos se movendo, um cheiro de carniça estranho e o barulho de vidros quebrando. Desesperada ela aguarda a chegada de Kevin na Loja para relatar o ocorrido.

Quando Kevin chegou à loja, ele ouve descrente os relatos da moça que após contar sua história pede demissão.

Sem entender direito o que estava acontecendo, Kevin se volta para a caixa de madeira e resolve presentear para sua mãe com uma bela caixa de madeira. Antes de entregá-la ele resolve verificá-la e limpá-la. Quando abre a Caixa Dibbuk ele percebe uma série de objetos dentro, além disso, conclui que era uma caixa de vinho, pois havia duas alças que seguravam vinhos.

A mãe de Kevin recebe com grande alegria aquele objeto bonito, que guardava itens bastante incomuns em seu interior. Um lugar de destaque em sua sala era o que a caixa merecia por sua beleza.

Ao sentar-se em frente à caixa, a mãe de Kevin sente-se mal e sofre um AVC, antes de desmaiar, ainda conseguiu escrever um recado. O papel dizia: No Gift (sem presente). Kevin, ao ler o bilhete, ainda consternado com o problema de saúde da mãe, resolveu levar a caixa embora. Mesmo que ainda não pensasse numa relação entre o presente e o ocorrido.

Em um fim de semana com a família, na mesma casa onde estava a Caixa Dibbuk, Kevin relata aos parentes o que havia ocorrido durante a noite: havia sonhado com uma bruxa que batia nele com força sem que ele pudesse se defender. Todos escutaram atônitos o relato e, em seguida, cada um deles relatou ter sonhado a mesma coisa.

Kevin começa a pensar que havia algo errado com a caixa de madeira e então resolve se livrar ao anunciá-la no eBay. No site do leilão ele descreve todos os aspectos da Caixa Dibbuk e também relata os acontecimentos, a esta altura, atribuídos a alguma coisa que havia na caixa.

A Caixa Dibbuk tem Um Novo Dono e Novas Vítimas

Iosif Nietsk um universitário bastante jovem, encontra o anúncio, sente-se atraído pela história do objeto e acaba fazendo uma oferta. Descrente do poder sobrenatural da caixa ele fecha o negócio e espera, ansioso, pela sua compra.

Iosif decide abrir a Caixa Dibbuk numa festa na república onde morava. De maneira a criar um clima e assustar as pessoas ele conta a história por trás da caixa e tudo aquilo que fora relatado pelo antigo dono. Depois de assustar a todos os presentes com aquela história macabra, ele abre a caixa e mostra os estranhos objetos contidos, aparentemente, sem conexão uns com os outros.

Após a Abertura da caixa, uma série de eventos estranhos são relatados pelos garotos da república, especialmente por Iosif Nietsk, quem a encontrou à venda no eBay e também abriu para as pessoas na casa.

Entre os acontecimentos estranhos Iosif Nietsk relatou: a presença de moscas em volta da caixa, pane em aparelhos eletrônicos, cheiro insuportável de carniça que emanava da caixa, além de pesadelos terríveis, que o motivaram a vender a caixa.

Iosif Nietsk anuncia a Caixa Dibbuk relatando que se tratava de um objeto estranho, com diversos acontecimentos atribuídos a ele e uma possível força demoníaca. O diretor de um museu de medicina da cidade onde Iosif Nietsk morava, Jason Haxton, acabou comprando a Caixa Dibbuk pelo eBay novamente.

O Novo Dono da Caixa Dibbuk

O Novo comprador estava ansioso e curioso por saber mais sobre aquele objeto e, logo nos primeiros dias de posse da caixa, decide estudá-la. Com a mesma pressa que teve para estudar o objeto, os acontecimentos estranhos começaram.

Jason Haxton e sua família foram afetados com sintomas estranhos de náuseas, a perda de paladar, pesadelos, doenças recorrentes e alucinações de demônios presentes nos cantos da casa.

Jason Haxton percebe que a Caixa Dibbuk é algo que merce atenção.

Qual a História da Caixa Dibbuk?

Jason Haxton decide ir a fundo na história da Caixa possuída e resolve procurar a vendedora original, que entregou o objeto para Kevin Mannis, o primeiro a anunciá-la no eBay.

Ele consegue encontrar as vendedoras originais e, enfim, teve acesso à história da caixa que datava dos anos 30 na Polônia, invadida pela Alemanha na Segunda Guerra Mundial.

No dia 10 de novembro de 1938, em uma sessão de invocação de espíritos, algumas mulheres judias polonesas, cansadas das atrocidades nazistas, entraram em contato com uma entidade e tentaram trazê-la ao nosso mundo.

A Sessão foi mal-sucedida, pois a entidade era maléfica. Desesperadas, as mulheres tentaram aprisionar a entidade em uma caixa para evitar que ela causasse mais males. Segundo o que consta, a entidade não foi aprisionada e passou a acompanhar as mulheres durante um longo tempo até o pós-guerra.

Uma das mulheres repetiu o ritual alguns anos depois e conseguiu, supostamente, aprisionar a entidade em uma caixa de vinhos. Desde então, esta mulher guardou a caixa consigo e não deixava ninguém sequer se aproximar.

A caixa possuída acompanhou a dona desde a Polônia até sua vinda para os Estados Unidos, e ficou sob sua guarda até o dia de sua morte. Quando ela partiu, seu desejo ser enterrada com a caixa não pode ser realizado, pois as tradições não permitiam. Por isso, a Caixa Dibbuk foi vendida na garagem onde Kevin Mannis teria comprado.

Qual o destino da Caixa Dibbuk?

Jason Haxton, então o dono da caixa, ainda procurou uma médium para tentar entender o que se passava com ela e, por fim, consultou uma livreira de uma loja de coisas exotéricas. Em uma das publicações da loja eles encontraram algo sobre o Dibbuk e como aprisioná-los.

Foi então que Jason Haxton mandou construir uma caixa com madeiras especiais e ouro para guardar a Caixa Dibbuk. Esta nova caixa funcionaria como uma arca para proteger o mundo externo do demônio Dibbuk.

Haxton, após conseguir selar a Caixa Dibbuk a escondeu em lugar seguro para que ela não pudesse mais causar males às pessoas e, desde então, seu paradeiro é desconhecido, bem como suas maldades foram cessadas.

E Se For Verdade?


Caçadores de Fantasmas

Caçadores de Fantasmas

3 Caçadores de Fantasmas que Realmente Existiram

Talvez você já tenha assistido a Série Caçadores de Fantasmas. Mas você sabia que existiam Caçadores de Fantasmas Profissionais muito antes da série?

Pode parecer insano, mas existem profissionais que dedicam sua vida e vendem o serviço de Caçadores de Fantasmas. Eles viajam por seus países resolvendo casos sobrenaturais e estudando fenômenos paranormais de todos os tipos. Também desmontam algumas farsas e recolhem objetos possuídos.

Muito além do reality Caçadores de Fantasmas os casos paranormais mais famosos da história foram documentados por Caçadores de Fantasmas destemidos que desenvolveram suas próprias técnicas, equipamentos e conhecimentos.

Existem muitos Caçadores de Fantasmas, a seguir você conhecerá um pouco dos 3 principais de que se tem notícia. Eles ficaram famosos por seus casos de grande repercussão. Além disso, tiveram suas histórias contadas no cinema, o que aumentou a visibilidade e a curiosidade das pessoas em torno de seus feitos.

 

Caçadores de Fantasmas

HARRY PRICE

Caçadores de Fantasmas - Harry PrinceCaçadores de Fantasmas - Harry Prince

Caçadores de Fantasmas – Harry Prince em foto com um espírito.

Harry Price foi um Psicólogo e Pesquisador Inglês Nascido em 17 de janeiro de 1881. Dedicou boa parte de sua vida e sua obra à pesquisa de fenômenos paranormais. É considerado, até hoje, O maior caçador de fantasmas da Inglaterra.

Além da busca e pesquisa por fenômenos paranormais, Harry Price também se dedicou a desvendar farsas e validar suas teses. Através de médiuns que ele considerava verdadeiros, tentava se comunicar com os espíritos e ampliar sua pesquisa. Foram muitos casos pesquisados e desvendados por Harry Price. Inclusive com fotos de supostos espíritos que estavam ao seu lado podem ser encontradas no acervo de sua obra. Ele se tornou especialista em casos de possessão e magia.

Casos Famosos 

Desmascarando William Hope

O Fotógrafo William Hope foi desmascarado por Harry Price numa de suas demonstrações. Hope alegava que podia fotografar fantasmas e foi desafiado por Price. Harry desconfiava da veracidade dos fenômenos fotografados por Hope e descobriu uma maneira de provar que era falso. Harry Price ofereceu o equipamento a Hope, com alterações que tornariam impossíveis as fraudes. Hope, sem saber das alterações de Price, fez as fotografias e não obteve o resultado esperado. Sem saber que o equipamento entregue a ele impedia que fizesse seu truque, William Hope foi desmascarado.

A Comunicação de Eileen Garrett

Harry Price teria recebido em seu laboratório a visita de um fantasma. era uma mulher morta em um terrível acidente. A queda do R101, um dirigível britânico que caiu em outubro de 1930, matando 48 pessoas. Ele entrou em comunicação com o fantasma para descobrir as causas do acidente. Um caso que repercutiu muito em seu tempo, mesmo sem trazer conclusões a respeito do acidente. Mas isso não abalou a confiança de Harry Price em suas pesquisas.

Harry Price, o inglês Caçador de Fantasmas, faleceu em 29 de março de 1948, aos 67 anos.  No ano de 2015 um Filme Sobre Harry Price – O caçador de Fantasmas foi lançado.

 

Caçadores de Fantasmas

ED e LORRAINE WARREN

Caçadores de Fantasmas - Ed e Lorraine Warren

Caçadores de Fantasmas – Ed e Lorraine Warren

Edward Warren Miney, veterano da Marinha dos Estados Unidos da Segunda Guerra Mundial e ex-policial. nasceu em 7 de setembro de 1926. Também conhecido como Ed Warren, era casado com Lorraine Rita Warren, professora americana, nascida em 31 de janeiro de 1927. Ela era mais conhecida como Lorraine Warren.

Este casal de pesquisadores de fenômenos sobrenaturais foram uma das maiores duplas de sucesso como Caçadores de Fantasmas. Ed Warren era autodidata e aprendeu tudo sobre demonologia e casos paranormais. Lorraine Warren, além de professora, era clarividente e médium de grande poder sensitivo.

Estas qualidades ajudaram o casal Warren na sua grande missão de vida: Caçadores de Fantasmas e Fenômenos Sobrenaturais. Os Warren dominaram os noticiários sensacionalistas sobre fantasmas. Eram os mais famosos de seu tempo. Um acervo gigante encontra-se na casa onde eles moravam. A casa virou um museu do sobrenatural.

A Dupla de Caçadores de Fantasmas encerrou sua carreira brilhante em 23 de agosto de 2006. Quando Ed Warren faleceu. Lorraine dedicou-se a dar palestras e cuidar do museu dos Warren. Além de consultorias sobre fenômenos paranormais e participação na produção de roteiros de diversas séries e filmes sobre os casos envolvendo o casal.

Casos Famosos 

Annabelle a Boneca Possuída

Os Warren foram chamados para investigar o caso de uma boneca possuída pelo demônio. A boneca havia feito vítima e seria o abrigo de um demônio secular.

Fantasmas em Amityville

Ed e Lorraine Warren foram chamados para investigar os fenômenos sobrenaturais e as entidades demoníacas habitantes da Casa de Amityville, Palco de um crime brutal nos anos 70.

Uma série de Filmes sobre os casos envolvendo o casal Warren foram lançados. Invocação do Mal, Invocação do Mal 2, Annabelle, Annabelle 2, Horror em Amityville entre outros.

Símbolo de Baphomet

Símbolo de Baphomet

O Símbolo de Baphomet é uma insígnia que identifica os adoradores a seita do ídolo pagão conhecido como Baphomet.

As primeiras menções ao nome e ao Símbolo de Baphomet datam das época cos cavaleiros templários. O Símbolo seria uma identificação daqueles que serviam e  adoravam este Deus Pagão da Antiguidade. Os Cavaleiros Templários que teriam sido torturados e executados pelo Rei da França na famigerada sexta-feira 13. Eles teriam citado o nome de Baphomet em suas confissões sob tortura.

Outros Cavaleiros Templários teriam citado o mesmo nome antes de serem queimados nas fogueiras pelos crimes que supostamente teriam cometido. Entre eles, a adoração de Deuses Pagãos. Estes acontecimentos teriam desencadeado, pela fúria de Baphomet a superstição acerca da sexta-feira 13, como um dia de má sorte.

Símbolos da igreja de Satã - Símbolo de Baphomet

Símbolos da igreja de Satã – Símbolo de Baphomet

A Descrição mais comum do Símbolo de Baphomet é a cabeça de um bode Sabático dentro de um pentagrama. Está cercado por um código misterioso. Este símbolo tem sido difundido durante os séculos como a forma mais aproximada das descrições feitas pelo Cavaleiros Templários.

 

 

O Que se sabe sobre o Símbolo de Baphomet?

Muito pouco se sabe sobre os Cavaleiros Templários e, consequentemente o Símbolo de Baphomet. Até porque os registros e seus segredos foram guardados durante séculos. Místicos e mentores de seitas pagãs se aproveitaram da simbologia para lançar novas crenças contrapostas à Igreja Católica.

Uma delas é a Igreja de Satã, que coloca o diabo descrito pela Igreja Católica como uma Invenção. Pregando que, na verdade, era uma divindade benéfica e não o representante de todo o mal, conforme as histórias aterrorizantes contadas para os católicos descreviam.

O Símbolo de Baphomet também tem sido atribuído, além da Igreja de Satã, a outras Sociedades Secretas com origens na antiguidade, também caracterizadas por reuniões e rituais fora do alcance da Igreja Católica. Estas Sociedades Secretas possuem o mesmo tipo de operação secreta da Ordem dos Templários, segundo as teorias, isto explicaria a simbologia utilizada pelas seitas e sociedades secretas em seus rituais como uma nova Ordem dos Templários, ainda em busca do Santo Graal.

E Se For Verdade?

O Piloto de F1 François Cevert e seu Contrato com a Morte

O Piloto de F1 François Cevert e seu Contrato com a Morte

François Cevert, o companheiro de Jackie Stewart até 1973 na Tyrrel, era um dos pilotos mais talentosos de sua geração. Seria o Primeiro piloto da equipe no ano seguinte com grandes chance de conquistar o título. Sua breve carreira era promissora porém algo sobrenatural tinha acontecido fora de seus domínios.

Casos Sobrenaturais - François Cevert e Seu Contrato com a Morte

François Cevert à Esquerda e Jackie Stewart à Direita

Após sua morte, em 1973 na pista de Watkins Glen, uma história assustadora sobre uma vidente que teria previsto sua morte veio à tona. Uma namorada de François Cevert chamada Anne Van Malderen, a “Nanou”,  teria consultado a tal vidente. Em 1959 pela primeira vez, visitou a vidente. A seguir o que ela relatou.

“Fui com a minha mãe visitar uma vidente que vivia na França, numa casa bem simples. Não parecia que ela falava com o ‘outro mundo’. Ela não lia cartas, nem tinha bola de cristal. Ela apenas olhava para você ou para uma fotografia, concentrava-se e então falava. Eu tinha 20 anos e fui acompanhando minha mãe. Não acreditava em previsões sobre o futuro. Mas, de repente, a vidente olhou no fundo dos meus olhos e disse: ‘Preciso falar com você’. Assustada, a segui até seu quarto”.

A vidente faz sua primeira revelação: “O seu casamento não vai durar. Você irá se apaixonar por um jovem e ficará muito feliz. Posso ver os olhos azuis dele e o mar. Se encontrarão lá, perto do mar”.

Nanou era recém-casada por isso não levou em conta a previsão. Porém, em 1964, conheceu François Cevert em St.Tropez. Na Praia, perto do mar. Isso fez Nanou lembrar aquele dia com a vidente. Parecia fazer sentido agora. Ela voltou para uma nova consulta, mas decidiu testar a vidente. Sentou-se e não disse nada sobre François Cevert.

François Cevert Vence o Shell Scholarship

Nesta época, o Piloto participaria de uma competição cujo vencedor ganharia uma temporada completa na Formula 3. Era o Shell Scholarship. Nanou apenas entrega à vidente uma foto de Cevert. Após um longo período de silêncio, reflexão e atenção à foto, a vidente diz: “Você já veio aqui antes. Você já o encontrou!” E Completou: “Que estranho, a foto dele está toda embaralhada nesta máquina estranha, tem rodas, mas não corpo, o que poderia ser?”

Nanou logo diz que François Cevert é piloto de carros de corrida. A Vidente então emenda: “Ele vai fazer um tipo de teste e vencerá facilmente. Vejo uma brilhante carreira à sua frente. Porém, você não vai conseguir segurá-lo, vejo vocês dois separados pelo sucesso dele”.

Nanou segue olhando nos olhos da vidente que continua: “Preciso lhe dizer uma última coisa, este jovem não viverá para comemorar os seus 30 anos”. Nanou se assustou com a revelação e voltou seus olhos para um calendário na parede, que marcava a data 29 de junho de 1966.

Nanou então se encontra com François Cevert e logo conta que foi se consultar com uma vidente. “Ela disse que você vai vencer o Shell Scholarship. Ela também disse que sua carreira será brilhante, mas não ficaremos juntos.”

Cevert retruca: Vamos nos separar? Essa sua vidente está errada. Isso é conversa fiada. Vou vê-la pessoalmente e aposto como vai prever para mim um futuro completamente diferente do seu”.

François Cevert foi visitar a vidente

Quando encontrou Nanou o diálogo foi o seguinte:

Cevert: “Você ligou para ela, né?”

Nanou: “Para quê?”

Cevert: “Ela previu para mim exatamente aquilo que você me disse”.

Nanou: “Isso não significa nada, ela provavelmente te reconheceu. Eu mostrei uma foto sua”.

Cevert: “Ela também te disse que eu não chegaria aos 30 anos?”

Nanou: “Isso é bobagem! Essas velhinhas falam pelos cotovelos, como pode alguém prever o futuro?”

Cevert: “Então ela disse isso para você também”.

Cevert: “Tudo bem. Até lá já serei campeão do mundo. Uma morte no auge da fama é uma morte gloriosa!”.

Sobrenatural - François Cevert A Caminho da Morte

François Cevert se prepara para entrar na pista encontrar seu destino.

No dia 6 de Outubro de 1973, durante os treinos para o GP dos EUA, Lá estava François Cevert lutando pela pole. Numa sequência de “Esses” de alta velocidade, o carro de cevert bateu no guardrail direito e voltou violentamente contra o guardrail esquerdo. Com a força do impacto o carro virou com as rodas para cima e deslizou por alguns metros sobre o guardrail, que funcionou como uma lâmina. O corpo de François Cevert foi cortado ao meio e ficou embaralhado com o carro, conforme tinha previsto a vidente.

Sobrenatural - Francois Cevert Morto em Acidente previsto por vidente

Cenário após o acidente à esquerda. Detalhe do Carro acidentado à direita.

Casos Sobrenaturais - François Cevert e Seu Contrato com a Morte

O Carro de François Cevert é Retirado do Local do Acidente

François Cevert morto no carro

François Cevert Morto no Carro. À esquerda a parte de baixo do carro. À direita detalhe do corpo do piloto, cortado ao meio, embaralhado com a máquina.

Nanou decidiu visitar a vidente uma última vez. Novamente, entregou a foto de Cevert. Porém, para testar a vidente, entregou uma foto de François ainda criança. A vidente olhou para a foto, fechou os olhos e ficou em silêncio. Quando abriu os olhos, olhou para Nanou e disse: “Ele não está mais aqui. Ele está morto”. François Cevert morreu em 6 de outubro de 1973, completaria 30 anos em 25 de fevereiro de 1974. Ele não completou 30 anos, como previsto.

A história virou um livro.

O Edifício Joelma e Seus Fantasmas

O Edifício Joelma e Seus Fantasmas

A Maldição do Edifício Joelma e seus fantasmas é um dos casos sobrenaturais mais conhecidos do Brasil. O Local onde foi construído o edifício, segundo as lendas urbanas, era assombrado.

O Edifício Joelma foi construído num terreno onde, nos anos 40, morava um professor, sua mãe e irmãs. Esse professor teria construído um poço no terreiro da casa e assassinado sua família. O Poço, construído a pretexto de fazer pesquisas, nada mais era que o local onde o professor enterraria os corpos das vítimas.

Segundo o professor, sua família teria morrido em um acidente de carro, porém a investigação levou-o à sua prisão por assassinato. A Casa ficou abandonada. A vizinhança passou a atribuir um ar sobrenatural à casa e a fama de local mal-assombrado crescia cada vez mais. Era o Início da Maldição do edifício Joelma e seus fantasmas.

O Edifício Joelma foi construído para ser um dos prédios mais modernos da cidade de São Paulo. Ocupou o terreno onde ficava a casa do professor, seu poço e onde foram jogados os corpos de suas vítimas. Embora o local tivesse fama de assombrado, isso não inibiu a construção do Edifício de fachada Imponente. A única providência em relação à fama do lugar, foi a mudança de número do edifício.

Num dia comum de trabalho, um curto-circuito teve início e foi a causa do maior incêndio com vítimas do Brasil. Ao todo foram 345 feridos e 189 mortos. Pessoas morreram sufocadas e outras carbonizadas. Durante o incêndio a comoção pela tragédia era grande, mas havia acontecimentos ainda mais horrorosos por vir. Desesperados pelo calor e pelo sufocamento, além das queimaduras, pessoas começaram a pular do prédio. O Edifício Joelma agora era palco de suicídios desesperados. As pessoas pulavam para a morte enquanto TVS cobriam ao vivo essa tragédia.

Sobrenatural - A Maldição do Edifício Joelma

Uma Pessoa Desesperada se Atira do Edifício Joelma Durante o Incêndio

 

As mortes brutais formaram uma cadeia de acontecimentos que fortaleceram a Lenda do Edifício Joelma e seus Fantasmas.

Depois da tragédia e da repercussão dos acontecimentos, o caso entra na sua fase sobrenatural. Em meio aos relatos de vozes no local da tragédia e gritos desesperados, pessoas continuaram a trabalhar no prédio depois da reinauguração. Elas afirmam ouvir ainda pessoas gritando por socorro. 13 vítimas foram mortas carbonizadas no fosso do elevador e nunca foram identificadas com exatidão. A quantidade de mortos era enorme mas essas 13 vítimas, enterradas próximas no mesmo cemitério.

A Maldição do Edifício Joelma e seus Fantasmas Permanece até hoje

Segundo os funcionários do cemitério, é comum ouvir vozes saindo esses túmulos pedindo água para esfriar seus corpos. Rotineiramente, essas almas gritavam por socorro e ajuda para apagar o incêndio em seus corpos. Essas manifestações sobrenaturais eram parte da Maldição do Edifício Joelma e seus fantasmas que persiste até hoje. Além das 13 vítimas que suplicam por socorro, muitas outras, conta-se permanecem presas ao prédio.

Segundo as lendas dos Fantasmas do Edifício Joelma, as almas não compreenderam que o corpo não existe mais. Elas continuam presas aos andares superiores ao quinto, onde o incêndio começou. Essas almas seriam as que morreram asfixiadas nos andares acima do incêndio, os mesmos onde outras vítimas se jogaram para fugir do incêndio. Os relatos sobre aparições e vozes de fantasmas são feitos por pessoas que trabalham no edifício desde sua reinauguração.

Veja Mais Sobre o Caso:

 

A Sombra e A Escuridão, Os Leões Assassinos do Tsavo

A Sombra e A Escuridão, Os Leões Assassinos do Tsavo

Você conhece a história de a Sombra e a Escuridão?

Durante a construção de uma ferrovia no Quênia, uma série de mortes misteriosas começaram a ocorrer. Embora houvesse muitos acidentes e doenças na época, trabalhadores indianos e quenianos estavam sumindo misteriosamente dos acampamentos.

Enquanto a construção da ferrovia avançava o Engenheiro John Henry Patterson ficava intrigado com aquelas mortes constantes. A falta de trabalhadores atingiu seu ponto crítico quando iniciaram a construção de uma ponte sobre o Rio Tsavo. Os constantes atrasos estavam pressionando Patterson que havia prometido à esposa que terminaria a obra e voltaria a Londres antes do nascimento do filho.

Durante uma noite, barulhos de rugidos foram ouvidos próximos ao acampamento e, pela manhã, corpos de trabalhadores foram encontrados completamente descarnados, exceto pelas cabeças. Logo Patterson indicou que devia se tratar de leões assassinos, porém foi alertado que leões não são devoradores de homens. A carne humana não fazia parte da dieta dos felinos.

Porém, naquela região, havia um ritual de queima de corpos de pessoas que morriam por doenças desconhecidas para evitar contaminação da população. Os corpos que não fossem totalmente queimados poderiam servir de alimento a animais famintos, inclusive, leões. Essa possibilidade fez com que Patterson voltasse sua atenção à ponte durante o dia e aos leões assassinos à noite.

Os Leões Assassinos Atacam Novamente

Algumas vigílias não foram capazes de impedir mais mortes. A solução seria cercar os acampamentos e os centros para cuidar de feridos e doentes. Com uma cerca feita com acácias que eram muito resistentes e espinhosas, Patterson pensava que manteria os leões assassinos, afastados. Aqueles gigantes de quase 3 metros de comprimento dariam muito trabalho.

Durante uma noite de horror, os leões assassinos pularam a cerca de acácias e continuaram matando. Patterson foi testemunha ocular de algumas das mortes e tantas outras descobertas de corpos. Para ele, havia algo errado com aqueles leões assassinos pois eram diferentes dos demais. Eles não possuíam juba, o que poderia indicar que tivessem alguma deficiência genética.

Os moradores e trabalhadores, muito místicos, logo apelidaram os leões de “A Sombra e a Escuridão” atribuindo a eles poderes sobrenaturais. Segundo se falava, eram a encarnação de espíritos da floresta impedindo a invasão do homem pela ferrovia. O padrão de mortes causada pelos leões assassinos alimentava a crença no sobrenatural pois, aquela altura, nada parecia deter o instinto assassino da Sombra e a Escuridão.

O ritual macabro de matar, devorar os corpos e manter a cabeça intacta era prova de que havia algo diferente nas mortes. As marcas na cabeça se resumiam apenas aos buracos dos caninos, caso os leões assassinos tivessem pego suas vítimas pela cabeça.

A Missão de Patterson

Patterson decidiu eliminar a Sombra e a Escuridão que, durante 9 meses, aterrorizaram o acampamento e mataram aproximadamente 135 pessoas. O engenheiro montou armadilhas, pontos de vigia e diversas armadilhas. Durante algum tempo conseguiu manter os felinos afastados cada vez que eles se feriam em alguma armadilha. Porém, sistematicamente Sombra e a Escuridão voltavam ao acampamento com uma nova abordagem. Era como se tivessem inteligência superior para identificar e escapar das armadilhas, para fazer novas vítimas.

Os leões assassinos foram surpreendidos por Patterson, que alvejou um dos leões de cima de seu observatório. Nesta noite, os leões fugiram assustados e Patterson com sua equipe encontrou um dos leões no dia seguinte. Morto pelos tiros, um dos leões assassinos foi recolhido ao acampamento e exposto aos trabalhadores. A Intenção era que as pessoas parassem de fugir. Patterson ganhou a confiança do acampamento novamente. Já que quase todos os trabalhadores haviam morrido ou fugido com medo da Sombra e a Escuridão.

Leões Assassinos de Tsavo - A Sombra e a Escuridão

John Patterson em Foto ao lado do Primeiro Leão Morto.

Logo o segundo leão voltava ao acampamento atrás do engenheiro. Patterson estava preparado e alvejou o segundo leão, que fugiu. Desta vez, Patterson perseguiu o leão ferido que emboscou o engenheiro numa trilha próxima da mata. Com armas de grosso calibre, o engenheiro atirou 11 vezes para conseguir matar o segundo dos leões assassinos.

Segundo o relato das testemunhas, Patterson teria derrubado o leão com 8 tiros. Porém, atirou mais duas vezes no peito e outra na cabeça. Enquanto isso, o leão se arrastava no chão tentando alcançá-lo. Desta vez, a Sombra e a Escuridão estavam mortos de vez.

A História dos leões assassinosSombra e a Escuridão virou livros, reportagens, lendas sobrenaturais e  até mesmo um um filme homônimo: A Sombra e a Escuridão (1996)

 

Sensitivos, Você Acredita que Seus Poderes São Reais?

Sensitivos, Você Acredita que Seus Poderes São Reais?

Você já ouviu falar em pessoas sensitivas? Aquelas com poderes provindos do sobrenatural?

Parece que hoje em dia virou até profissão. Não são apenas os médiuns espíritas, são também cartomantes e videntes que possuem um canal de comunicação aberto com o mundo paranormal. São capazes de fazer previsões sobre um futuro próximo individual ou coletivo. Ou identificar doenças através do tato ou da visão etc.

Entre estes e outros poderes sobrenaturais, os sensitivos são requisitados para muitas ações, entre elas: espionagem, investimentos na bolsa, tribunais etc. Um Caso famoso de utilização do sobrenatural em crimes foi quando Chico Xavier psicografou a carta de uma vítima inocentando o algoz, que era seu grande amigo, entregando-a ao juiz do caso. Foi a primeira vez que um elemento sobrenatural foi anexado ao processo. Esse caso está presente no filme Chico Xavier.

Também há casos relatados de investigadores particulares que procuram sensitivos que podem se transportar para lugares distantes, guiados através das vibrações de pessoas desaparecidas. Utilizando como base seus pertences pessoais, criando um vínculo sobrenatural com o desaparecido através de uma ligação telepática.

Além disso, há os sensitivos que fazem consultas e são imprescindíveis para alguns investidores que fazem seus negócios baseados em datas e negócios. Consultam sensitivos que orientam suas atividades através de Tarot, Búzios, Cabala etc.

 

Sensitivos – Com esses poderes sob domínio de pessoas erradas, esses poderes poderiam ter mudado a história das guerras.

 

O poder sobrenatural das pessoas sensitivas já foi objeto de estudo inclusive do exército americano. São diversas vertentes tentando dominar esse poder sobrenatural, cada um com seus objetivos. Hitler, por exemplo, era um ocultista e acreditava ser possível ser guiado por poderes sobrenaturais. Uma espécie de Oráculo (exemplo claro de que a crença nos sensitivos já existia desde o início das civilizações organizadas).

Você Conhece algum sensitivo? Você acredita nestes poderes? E se for verdade?

Sobrenatural – Crianças Índigo, A Esperança de uma Nova Era

Sobrenatural – Crianças Índigo, A Esperança de uma Nova Era

Quando o mundo entrasse na Era de Aquarius, crianças com inteligência acima da média começariam a nascer em diversos locais da Terra. As Crianças Índigo.

Além da inteligência sobrenatural, teriam uma aura diferente, segundo os sensitivos, além de poderes especiais como telepatia e vidência. Essas crianças seriam conscientes de como acessar os registros akashicos facilmente. O nível de conhecimento das Crianças Índigo seria uma prova da existência desses registros.

As crianças seriam vetores de uma mudança de nível de consciência do Planeta Terra. Segundo os espíritas, esse momento seria uma ascensão de um planeta de provas e Expiações para um planeta de Regeneração. Essas mudanças seriam parte da reunião onde Chico Xavier esteve presente, no plano espiritual.

 

As Crianças Índigo Seriam a Esperança de uma Mudança na Consciência Espiritual do Planeta

 

Algumas Crianças Índigo teriam sido identificadas. Um dos casos mais emblemáticos seria a do menino Boriska, Nascido na Rússia. Boriska assombrou seus pais e amigos ao ser capaz de descrever o sistema solar com maestria, ainda que não o tivesse estudado na escola ainda. Também contava histórias de seu passado e fazia revelações sobre civilizações que viviam embaixo da terra.

Além da visão espírita, as Crianças Índigo estão entre os conhecimentos de outras religiões e também as ciências metafísicas. Muitas investigações tentam desvendar o mistério em torno dessas crianças, já que fenômenos parecidos têm acontecido em diversos lugares do mundo com o surgimento e crianças com inteligência e poderes paranormais. Além de uma consciência livre de culpa, liderança latente e a certeza de uma missão na Terra. Características definidas como essenciais para identificar essas Crianças Índigo.

O lado sobrenatural dessa história refere-se ao fato de que essas cria;das poderiam influenciar nossos pensamentos através de telepatia. Elas seriam capazes de nos guiar com o poder da mente mudando a vibração de nossos pensamentos. Podendo, Assim, influenciar nossos pensamentos e mudar nossas atitudes. E se for verdade?

O Significado Sobrenatural da Música Hotel California

O Significado Sobrenatural da Música Hotel California

A Música Hotel California foi composta por Don Felder, Don Henley, Glenn Frey em 1976. No Início do ano de 1977 indicou uma escalada de sucesso até se tornar o maior hit da Banda The Eagles. Mas existe algo de sobrenatural na letra?

Seus compositores já deram algumas explicações para o significado da música Hotel California. Porém renovam este significado algumas vezes que falam a respeito. Essa renovação sem algo claro fez surgir uma série de explicações sobre o significado da letra. Além disso, uma explicação sobrenatural para tanto sucesso.

Na primeira vez, Glenn Frey disse: “Algumas das interpretações mais loucas dessa música foram incríveis. Era realmente sobre os excessos da cultura americana e de algumas meninas que conhecíamos. Mas também era sobre o equilíbrio desconfortável entre arte e comércio”, em 2013, Henley disse: “É uma música que fala da jornada entre a Inocência e a Experiência, apenas isto”.

Estas são algumas explicações, que não foram suficientes para acalmar as mentes criativas que inventaram muitas teorias a respeito da Música Hotel California, suas simbologias e seu significado sobrenatural.

Música Hotel California LETRA E A TRADUÇÃO

Em uma estrada deserta escura, vento frio no meu cabelo
Cheiro quente de colitas, subindo pelo ar
Um pouco à frente, vi uma luz cintilante
Minha cabeça ficou pesada e minha visão ficou fraca
Eu tive que parar pra passar a noite.

Ela estava parada na entrada
Eu ouvi o sino da missão
Pensei comigo
“Isso poderia ser o céu ou o inferno”
Então ela acendeu uma vela e me mostrou o caminho
Havia vozes no corredor,
Eu pensei tê-los ouvido dizer:

Bem-vindo ao Hotel California!
Um lugar adorável (um lugar adorável)
Um rosto tão lindo.
Muito espaço no Hotel Califórnia
Qualquer época do ano (em qualquer época do ano) você pode encontrá-lo aqui

Sua mente é gananciosa, ela tem as curvas de Mercedes
Ela tem muitos garotos bonitos, que ela chama amigos
Como eles dançam no pátio, doce suor de verão
Alguns dançam para lembrar, alguns dançam para esquecer

Então eu chamei o capitão,
“Por favor, traga o meu vinho”
Ele disse: “nós não temos esse espírito aqui desde 1969”
E ainda essas vozes me chamando de longe,
Te acordam no meio da noite
Apenas para ouvi-los dizer :

Bem-vindo ao Hotel California
Um lugar adorável (um lugar adorável)
Um rosto tão lindo.
Eles vivem no Hotel California
Que agradável surpresa (que boa surpresa), tragam seus álibis

Espelhos no teto,
O champanhe rosa no gelo
E ela disse: “todos somos apenas prisioneiros aqui, do nosso próprio plano”
E nas câmaras do mestre,
Eles se reuniram para a festa
Eles atiram com suas facas de aço,
Mas simplesmente não podem matar a besta

A última coisa que eu lembro,
Eu estava Correndo para a porta
Eu tive que encontrar a passagem de volta ao lugar que eu estava antes
“Relaxe” disse o homem da noite,
“Estamos prontos para atender.
Você pode entrar a qualquer momento,
Mas você nunca pode sair! ‘

TRADUÇÃO DA INTERNET

On a dark desert highway, cool wind in my hair
Warm smell of colitas, rising up through the air
Up ahead in the distance, I saw a shimmering light
My head grew heavy and my sight grew dim
I had to stop for the night.

There she stood in the doorway;
I heard the mission bell
And I was thinking to myself
‘This could be heaven or this could be Hell’
Then she lit up a candle and she showed me the way
There were voices down the corridor,
I thought I heard them say

Welcome to the Hotel California
Such a lovely place (such a lovely place)
Such a lovely face.
Plenty of room at the Hotel California
Any time of year (any time of year) you can find it here

Her mind is Tiffany-twisted, she got the Mercedes bends
She got a lot of pretty, pretty boys, that she calls friends
How they dance in the courtyard, sweet summer sweat
Some dance to remember, some dance to forget

So I called up the Captain,
‘Please bring me my wine’
He said, ‘we haven’t had that spirit here since nineteen sixty-nine’
And still those voices are calling from far away,
Wake you up in the middle of the night
Just to hear them say”

Welcome to the Hotel California
Such a lovely place (such a lovely place)
Such a lovely face.
They livin’ it up at the Hotel California
What a nice surprise (what a nice surprise), bring your alibis

Mirrors on the ceiling,
The pink champagne on ice
And she said, ‘we are all just prisoners here, of our own device’
And in the master’s chambers,
They gathered for the feast
They stab it with their steely knives,
But they just can’t kill the beast

Last thing I remember, I was
Running for the door
I had to find the passage back to the place I was before
‘Relax’ said the night man,
‘We are programmed to receive.
You can check out any time you like,
But you can never leave!’

FONTE: GOOGLE PLAY MUSIC

VIAGEM DAS DROGAS

Umas das explicações mais factíveis é que a música Hotel California fala exatamente sobre uma viagem causada pelas drogas. Pois você pode ter a qualquer momento que quiser mas não consegue sair. Era a visão sobre as drogas que alimentaram a juventude nos anos 70. Principalmente o trecho que diz “Warm smell of Colitas”, onde colinas seria uma referência à maconha e a fumaça do cigarro de maconha.

IGREJA DE SATANÁS

Anton LaVey sobrenatural da igreja de Satanás
Anton Szandor LaVey, escritor, músico e Ocultista. Morreu em 1997, em São Francisco, Califórnia.
Uma explicação mais sobrenatural seria que o Hotel California seria um hotel em São Francisco comprado por Anton Szandor LaVey, um conhecido escritor americano. Famoso ocultas, ele teria fundado a Igreja de Satanás. Uma de suas unidades seria o famoso Hotel California da música.

Essa teoria surgiu por causa do “Sino da Missão” citado na música Hotel California e também do trecho que diz: “Isto pode ser o céu ou o inferno”. Existe outro um trecho na música que diz: “Então eu chamei o capitão, Por favor, traga o meu vinho. Ele disse: nós não temos esse espírito aqui desde 1969.” O vinho seria o Sangue de Cristo símbolo explorado nas missas. Porém, coincidência ou não, em 1969, Anton Lavey havia publicado o livro: A Bíblia de Satanás. Portanto, desde 1969, o Sangue de Cristo não tinha mais força naquele lugar.

SOCIEDADES SECRETAS

Existe uma teoria de que a música falava sobre a Maçonaria. O que se diz é que Don Henley é Maçom. A Música Hotel California contaria a agonia de um membro descontente. “A última coisa que eu lembro, eu estava Correndo para a porta. Eu tive que encontrar a passagem de volta ao lugar que eu estava antes. “Relaxe” disse o homem da noite, “Estamos prontos para atender, você pode fazer entrar a qualquer momento, mas você nunca pode sair!”.

A teoria diz que é a descrição de um momento em que o membro estava querendo sair da maçonaria mas não conseguia. Ele teria sido convidado a entrar para a sociedade secreta seduzido por possíveis vantagens e ajudas. Teria sido socorrido financeiramente pelos irmãos de loja maçônica e, na hora de retribuir, não suportou. A teoria não deixa claro que a dívida seria paga em algum tipo de ritual sobrenatural, mas a frase final da música Hotel California deixa claro: “…você pode fazer entrar a qualquer momento, mas você nunca pode sair!”.

 

Efeitos futuros

Existem diversas explicações sobre significados e acontecimentos futuros à Música Hotel California, inclusive sobre seu tamanho sucesso. Há uma explicação de que a música seria um resumo da vida da própria Banda. Afinal, a música trouxe um sucesso nunca antes alcançado, porém este nunca se repetiria. Além disso, uma vez dentro da espiral de sucesso da música nunca poderia sair. A banda The Eagles realmente nunca alcançou um sucesso tão grande com outra música.

O mistério a respeito do real significado da música é que gera cada vez mais explicações e conjecturas. A Maldição da música estaria presente na vida de Don Felder. Ele foi expulso da banda a certa altura e também se divorciou da esposa com quem estava casado desde 1971: “Você pode entrar a qualquer momento, Mas você nunca pode sair!”. Lembrando este trecho da música dá pra perceber uma força nestas palavras.

Em uma entrevista, Don Felder comenta sobre estes acontecimentos: “Eu realmente perdi toda identidade que eu tinha”. “A imagem do músico do rock and roll já havia desaparecido; minha carreira foi tirada; meus amigos, ou pelo menos aquelas pessoas que eu pensava serem minhas amigas, e a banda desapareceu; e minha imagem como pai e marido – foi tudo tirado. Eu estava em um lugar onde eu realmente tinha que descobrir o que tinha acontecido comigo na minha vida para me levar para este lugar no mundo “.

Quando ele diz que perdeu tudo, é possível, ainda, lembrar de mais um trecho da Música Hotel California: “Sua mente é gananciosa, ela tem as curvas de Mercedes, Ela tem muitos garotos bonitos, que ela chama amigos, Como eles dançam no pátio, doce suor de verão, Alguns dançam para lembrar, alguns dançam para esquecer.” Na letra original é …Mercedes Bends, porém a teoria fala sobre uma referência ao carro Mercedes Benz. Neste caso, a letra falaria que ela tem a mente gananciosa, ela tem a mercedes benz… Seriam estes bens tirados de Don Felder? Seria uma referência sobrenatural da letra a acontecimentos futuros? E Se For Verdade?

Invocação de Espíritos: 3 Mecanismos para Falar com os Mortos

Invocação de Espíritos: 3 Mecanismos para Falar com os Mortos

A Invocação de Espíritos é uma prática que remonta a tempos antigos. O Matemático Pitágoras desenvolveu o que seria a base dos mecanismos mais modernos para a comunicação com os mortos. Ele desenvolveu uma espécie de mesa girante com diversos símbolos místicos da época em que viveu. Seu equipamento serviu de base em forma e conceito para os mecanismos mais modernos e populares de Invocação de Espíritos.

Durante o século XIX, surge o movimento espírita. Com ele, relatos de fenômenos mediúnicos, mesas girantes girantes, objetos que se materializavam etc. A Invocação de Espíritos se tornou uma febre e as pessoas queriam a chance de se comunicarem com os mortos.

A Invocação de Espíritos passou a ser algo popular e se difundiu tanto nas classes altas quanto nas classes mais baixas. Essa popularização fez com que de distanciasse o conceito espírita da reunião mediúnica com o conceito puro e simples de Invocação de Espíritos. Desta maneira foram sendo desenvolvidos diversos mecanismos para a comunicação com o Além para aqueles que não iriam às sessões espíritas. Conheça alguns métodos.

Invocação de espíritos: Planchette

Invocação de espíritos pelo Planchette
A Planchette foi introduzida no mercado por volta dos anos de 1860. Era um mecanismo de psicografia. Também fez grande sucesso como jogo de Invocação de Espíritos, porém com breve reinado. Consiste em uma tábua com rodas e um espaço para colocar um lápis ou caneta, sobre uma folha de papel. Uma ou mais pessoas posicionam os dedos levemente sobre a pequena plataforma enquanto realizam questionamentos ou esperando a manifestação do espírito presente.

A comunicação através da Planchette permite que o espírito se manifeste de forma mais livre pois não depende de uma pergunta. Algo que se aproxima muito da psicografia dos centros espíritas. Os praticantes da Invocação de Espíritos por este mecanismo costumavam vendar os olhos como parte do ritual, para evitar interferências externas e manter a concentração. A Planchette deixou de ser popular devido à dificuldade de se entender o que estava escrito. Já que o lápis nunca deixava de tocar o papel.

Invocação de espíritos: um dos mecanismos mais famosos é a Tábua ouija.

Invocação de espíritos pela tábua Ouija.
A Tábua Ouija é um mecanismo muito próximo da mesa desenvolvida por Pitágoras. A origem do nome Ouija é a soma da palavra “Sim” em Francês e Alemão. Consiste em uma tábua com letras, números e palavras de ordem como: Sim, Não e Adeus. A Invocação de Espíritos e a comunicação com os mortos através desse mecanismo segue um ritual de introdução para chamar os espíritos e posterior questionamento.

Uma ou mais pessoas devem pousar levemente os dedos indicadores sobre uma seta em cima da mesa. Desta maneira conseguem canalizar a energia e deixar que o espírito presente conduza a seta até as letras ou palavras que ele desejar. Quando posicionados, os participantes devem perguntar se existe algum espírito, se ele deseja se comunicar, etc. Estabelecida a conexão, a comunicação se inicia com perguntas de Sim ou Não e avança para perguntas de formação de palavras. No entanto, quem está no comando é o espírito, que pode encerrar a conexão abruptamente ao indicar a seta para a palavra “Adeus”. Ainda com relação ao comando da conexão, a comunicação somente se encerra com o consentimento do espírito.

Ouija é um mecanismo muito popular que recebeu algumas variações como a famosa brincadeira do copo. No caso do copo, algo mais precário e desenhado na hora. Porém a Tábua Ouija original é algo mais elaborado. Inclusive, muito difundida no início do século XX. Era vendida para a população como um Jogo de Invocação de Espíritos. As famílias adquiriam a tábua acreditando na promessa de conversar com os mortos. O Público-alvo era, principalmente, aqueles que perderam parentes na Primeira Guerra Mundial.

Invocação de espíritos: o Pytho foi apresentado na Inglaterra nos anos 1890

Invocação de espíritos pelo Pytho
Nos anos 1890, surge um aparelho chamado Pytho que é uma nova promessa de Invocação de Espíritos. Esse mecanismo foi apresentado ao público através de jornais que falavam sobre o espiritismo. É um equipamento simples que consiste em uma manivela presa a um eixo central sobre um tabuleiro com números e letras para a formação de palavras.

No caso da comunicação com o Python, duas pessoas seguram a manivela, cada um de um lado. Esta manivela está ligada a um ponteiro que vai indicar letras e números. Este mecanismo é semelhante à Tábua Ouija, com alguns elementos a menos e a presença de metais. Uma novidade na época, já que ainda não se sabia muito a respeito da energia dos espíritos que se manifestam em materiais condutores de eletricidade.

Sobrenatural – A Casa Assombrada de Amityville – Caso Real

Sobrenatural – A Casa Assombrada de Amityville – Caso Real

Localizada em Long Island, na Ocean Avenue, a famosa Casa de Amityville foi palco de crimes hediondos em 1974. Quando Ronald DeFeo Jr, assassinou sua família inteira dentro da grande casa. Após os crimes e prisão de Ronald Defeo Jr, a casa em Amityville foi vendida para George e Kathy Lutz. A Família foi morar em Amityville com seus três filhos, época em que começa a história sobrenatural desta casa assombrada.

 

Ronald DeFeo Jr. O Assassino que desencadeou a História Sobrenatural de Amityville

Ronald DeFeo Jr. O Assassino que desencadeou a História Sobrenatural de Amityville

 

Estranhos acontecimentos começaram algumas semanas depois que a família Lutz se muda para a nova propriedade. OLutz tiveram que lidar com entidades demoníacas sobrenaturais. As forças sobrenaturais rasgavam portas de madeira, abriam ou quebravam fechaduras, soltavam dobradiças, batiam as portas, quebravam armários, além de infestarem a casa, por algumas vezes, com insetos perigosos lembrando, em forma, as pragas da bíblia. 

Os acontecimentos sobrenaturais eram tão assustadores que, aproximadamente 1 ano depois de se mudarem, os Lutz resolveram deixar a casa de Amityville. A família Lutz convencida dos demônios moradores da casa, fornecia gravações de áudio escritor Jay Anson, que descrevia experiências paranormais na casa, incluindo sombras estranhas, substâncias desconhecidas eu saíam das torneiras e chuveiro e atividade sobrenatural no porão. Após análises criteriosas das imagens e dos áudios, alguns especialistas afirmaram que a casa estava sendo tomada por entidades antigas pois teria sido construída sobre um cemitério indígena.

Após um período infernal naquela casa, a família Lutz resolver contar sua história no livro que se tornou best seller em 1977 e virou filme, chamado “The Amityville Horror: A True Story”. Dois anos depois da Publicação do livro, os atores James Brolin e Margot Kidder estrelaram como George e Kathy Lutz no filme de terror original baseado no livro.

 

Fachada da Imensa Casa Assombrada na Ocean Avenue em Amityville

Fachada da Imensa Casa Assombrada na Ocean Avenue em Amityville

 

Foto do casal warren que ocorre a aparição de uma criança. Supostamente Assassinada em Amityville.

Foto tirada pelos Warren. Repare na a aparição de uma criança. Supostamente Assassinada em Amityville.

Mais um acontecimento estranho se deu quando o casal que investigava atividades paranormais Ed e Lorraine Warren, investigou a casa em 1976. Eles surgiram com uma imagem do que parece ser uma criança, que poderia muito bem ser um dos filhos falecidos da família DeFeo. A fotografia apareceu pela primeira vez na coleção de George Lutz e é considerada a prova primeira do sobrenatural caso da Casa Assombrada de Amityville

 

Veja mais Sobre o Filme Horror em Amityville

 

 

Sobrenatural Vozes Demoníacas em Mina Abandonada da Austrália

Sobrenatural Vozes Demoníacas em Mina Abandonada da Austrália

Um explorador acostumado a lugares misteriosos teve uma surpresa ao visitar uma mina abandonada em Wiluna, na Austrália. Ao adentrar a mina logo percebeu que havia algo de estranho e sobrenatural no lugar.

Não havia os bichos que geralmente se encontram no início das explorações em minas como: cobras, lagartos, morcegos etc. Munido de lanterna e uma câmera na mão, Frank adentrou ainda mais naquela mina que parecia diferente das outras.

A certa altura ele escuta ruídos estranhos como gritos e chamamentos aterrorizantes. No vídeo abaixo é possível escutar alguns destes sons demoníacos gravados por Frank dentro da mina abandonada. Ao escutar pela primeira vez, Frank se assusta e acaba se perguntando se seriam sons vindos do vento encanado dentro da mina.

Ao caminhar mais um pouco ele escuta novamente essas vozes demoníacos e registra tudo em vídeo. Ele se vira para o caminho de volta, para sair rapidamente da mina abandonada. Ao se deparar com este sobrenatural, Frank relatou que pelo estado que percebera das paredes, a mina deve ter sido abandonada por conta de um desmoronamento. Embora ele não tenha chegado ao fundo da mina, percebeu pelas ferramentas que encontrou na trilha, que as pessoas saíram às pressas há muito tempo atrás.

Muitas pessoas que conhecem a história da mina afirmam que são os gritos dos mineiros que foram soterrados no desmoronamento e até hoje habitam a mina, trabalhando como se estivessem vivos e expulsando os intrusos.

 

 

Sobrenatural – Previsão do Acidente do Avião da Chapecoense

Sobrenatural – Previsão do Acidente do Avião da Chapecoense

SOBRENATURAL ☠ Vidente Carlinhos Previu Queda do Avião da Chapecoense

O Avião da Chapecoense que caiu na Colômbia, levava o tim que disputaria a final da Copa Sul-americana. O Vidente Carilhos Previu a Queda do Avião da Chapoecoense na Colômbia num Programa de Televisão. O Programa foi exibido em 29/03 e o Vidente Carilhos Disse em entrevista que no prazo de até 1 ano e meio um Avião cairia matando um time de futebol inteiro. Foi o que aconteceu com a Chapecoense. A queda do Avião na Colômbia Matou 71 pessoas entre jornalistas, tripulação, comissão técnica e jogadores. Deixando a Chapecoense sem Equipe para Disputar campeonatos depois do Acidente de Avião. Confira a Previsão do Vidente Carlinhos no Video Abaixo.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=Amoz_YMqRGc[/embedyt]

Sobrenatural – O Mistério das Máscaras de Chumbo

Sobrenatural – O Mistério das Máscaras de Chumbo

Este Caso Aconteceu no Brasil e Chocou as pessoas pelas circunstâncias apresentadas. O mistério das máscaras de Chumbo foi um caso de polícia que gerou grande repercussão na época após encontrarem o corpo de dois rapazes num morro carioca. A cena encontrada era um quebra-cabeça que nunca foi resolvido. Além dos trajes incomuns e outros elementos encontrados, o que mais chamava a atenção era o conjunto de máscaras de chumbo que se encontravam com os mortos. Confira o documentário abaixo sobre O Mistério Máscaras de Chumbo.

 

Sobrenatural – Annabelle, a Boneca Possuída

Sobrenatural – Annabelle, a Boneca Possuída

Uma garota chamada Donna ganha de sua mãe, nos anos 1970, uma bonecaRaggedy Ann”. A inocência do presente não despertou desconfianças de Donna, nem de sua companheira de quarto nos tempos de Faculdade. Ao longo do tempo, as garotas passaram a observar estranhos acontecimentos em torno da Boneca. Chegaram à conclusão que ela se movia sozinha e, por diversas vezes, após deixar Annabelle em um local do quarto, quando retornavam, encontraram-na em outro. Além disso, a movimentação de outros objetos dentro do dormitório, encontrados próximos à boneca começaram a gerar um certo desconforto das garotas em relação à boneca.

O acontecimento mais arrepiante até então foi quando Donna, ao chegar ao dormitório, encontrou Annabelle sentada sobre sua cama com sangue nas mãos. Donna rapidamente observou ao redor e percebeu que não havia ninguém ferido e rastro de sangue no chão. Ao se aproximar da boneca, percebeu que havia sangue nas roupas e também nas pequenas mãos dela. Concluiu que deveria ser o sangue do próprio brinquedo.

anabelle a boneca possuida
Modelo de Boneca como Annabelle. As famosas “Raggedy Ann”.
Donna resolve chamar um Sensitivo para verificar a veracidade dos acontecimentos. O sensitivo disse que onde estavam, antes de serem construídos os alojamentos, uma garota chamada Annabelle Higgins havia morrido ali, porém seu espírito estava perdido e não conseguiu de desligar da terra. Quando a boneca foi colocada no ambiente, a garota logo identificou que poderia ser uma nova morada para sua alma perturbada. O espírito da garota teria colado na boneca e considerava as duas garotas como suas únicas amigas e faria de tudo para que elas nunca a deixassem sozinhas.

A boneca ao entrar em contato com os amigos das garotas, principalmente de Donna, tratava de providenciar as mais diversas formas de assustar os amigos para que eles se mantivesses distantes de Donna. Desta forma, Annabelle teria a exclusividade da amizade de Donna e sua companhia eterna.

Ao saber do caso, o famoso casal Warren, conhecidos pela sua caça aos fantasmas e fenômenos paranormais, foram ao encontro de Donna e da Boneca. Ao analisarem o brinquedo, disseram à Donna que a Boneca não estava possuído por um espírito comum, ela estava tomada por um demônio que não estava atrás de companhia, mas sim em busca de vingança.

anabelle a boneca possuida
Lorraine e Ed Warren.
O casal convence Donna a se desfazer do brinquedo e leva a boneca para onde hoje funciona o Museu dos Warren, Nos Estados Unidos. A Boneca Annabelle, permanece guardada em uma caixa que nunca é aberta embora possa ser vista através dos vidros da caixa. Durante o caminho de ida para a casa dos Warren, a Boneca tentou, de diversas formas impedir a viagem, provocando imprevistos como fazer o carro perder os freios, ou não funcionar durante as paradas.

 

anabelle a boneca possuida
Ed Warren observa a Boneca Annabelle original, em sua cela de vidro. À exposição no Museu Macabro dos Warren.
Sua última vítima, segundo consta, foi o padre chamado pelos Warren para exorcizar a boneca. porém o padre em tom de deboche, disque eu uma boneca jamais poderia estar possuída. Ele morreu em um acidente de carro ao sair da casa do casal em direção à sua paróquia.

Essa história foi a inspiração para o Filme Annabelle e é considerada uma história real e arrepiante de possessão demoníaca. E se for Verdade?

Sobrenatural – Filme o Exorcista

Sobrenatural – Filme o Exorcista

O Filme O Exorcista, além de assustador, conta com várias histórias estranhas em torno de suas filmagens. Isso aumenta a aura de sobrenatural que o filme tem. Confira alguns acontecimentos referentes ao filme e seu elenco.

 

ANTES DAS FILMAGENS
Filmagens Adiadas – As filmagens de O Exorcista precisaram ser adiadas devido aa um grande incêndio no estúdio que destruiu os cenários principais, queimando mobiliário, roteiros e figurinos. Só uma parte do cenário, misteriosamente, foi poupado pelo fogo, exatamente o quarto de Reagan!

 

DURANTE AS FILMAGENS
Morte de Atores – Antes de o filme ser finalizado, alguns atores, cujos personagens morreram no filme, acabaram falecendo em circunstâncias duvidosas. Eles já haviam encerrado suas participações nas filmagens.

Ellen Burstyn Se Fere em Cena – A atriz que interpretou a mãe de Reagan se machucou de forma séria em uma cena em que é jogada para trás e bate em uma cômoda que compunha o cenário. A cena em que ela se machuca faz parte da montagem final do filme.

Linda Blair se Machuca Gravemente – A atriz que interpretou Reagan em gravação de uma cena em que é jogada, foi vítima de uma força sinistra que a empurrou com violência e acabou gerando uma lesão que ela alega sentir até hoje. A queda e o grito de dor são reais e foram para a montagem final do filme.

 

APÓS AS FILMAGENS
A Voz Demoníaca – A Atriz que fez a Voz demoníaca das filmagens, teve sua vida arrasada por uma tragédia que muitos acreditam ter a ver com sua participação. Seu filho, atormentado pelos demônios que a mãe interpretou no filme, Assassinou a própria esposa e seus filhos, antes de se matar com um tiro na cabeça.

A Fama Maldita – Quando o filme entrou em cartaz, muitos acontecimentos estranhos cercaram de especulações a história. Durante a Primeira sessão uma tempestade teria caído dificultando a chegada dos convidados aos cinemas, o que teria prejudicado as bilheterias do filme. Além disso, devido aos relatos de acidentes com espectadores durante as sessões e ao teor religioso do filme, ele foi proibido em diversos países, causando prejuízos imensos aos produtores.

Linda Blair Vítima de Problemas Psicológicos – A atriz que interpretou Reagan, à época do filme, era ainda uma criança. O que se seguiu à estréia do filme foi uma série de distúrbios psicológicos como síndrome do pânico e depressão.

Filme o exorcista Acontecimentos
Estes são alguns fatos vinculados ao filme O Exorcista. Não existe comprovação desta relação, mas esses casos estranhos tem algo de muito estranho. E Se for verdade?

Confira a Ficha Técnica do Filme O Exorcista

Sobrenatural – Quadro das Crianças Chorando

Sobrenatural – Quadro das Crianças Chorando

Dizem que o artista Giovanni Bragoin, codinome utilizado para assinar os quadros, era um pintor de quadros de grande talento porém enorme frustração. Iniciou seus trabalhos na Itália pós-guerra e sonhava em ser um pintor reconhecido mundialmente por sua arte.

Nos anos 60 houve diversas tentativas de fazer sucesso, mas parecia que algo atravessava sempre seu caminho e seus quadros não vendiam. Giovanni então recebe uma visita inesperada em sua casa na Espanha. Essa figura propôs um acordo com o artista. Foi oferecido ao pintor italiano o tão sonhado sucesso e reconhecimento mundial. Além de fama e dinheiro.

Em troca deste sucesso Giovanni deveria pintar quadros com cenas específicas. Trazendo em cada um uma cena em comum: eram Quadros das Crianças Chorando.

Fechado o pacto o Artista começou a retratar crianças sozinhas, com roupas surradas e em locais estranhos. Esses quadros fizeram um sucesso inexplicável. Como pode haver beleza em quadros que relatam cenas tão sofridas?

A partir daí iniciam-se as especulações a respeito das mensagens subliminares que estavam contidas nos quadros.

Alguns quadros representavam crianças supostamente estupradas, mortas, espancadas e vítimas de tantos outros tipos de violência.

De acordo com o pacto, o artista seria sugestionado diretamente pelo Homem com que fem o pacto. Isso era indicativo de que as almas das crianças estavam aprisionadas ao quadro. As mortes das mesmas crianças foram encomendadas pelo próprio Diabo.

Um fato interessante é que, segundo relatos, as pessoas que adquiriam os Quadros das Crianças Chorando tinham problemas dentro de casa. Diversas famílias se separaram, outras tragédias como incêndio do imóvel, roubos e furtos nas residências, depressão e outros acontecimentos. Todos atribuídos aos misteriosos quadros.

Imagine este terror espalhado pelo mundo através de inocentes pinturas?

As cenas retratadas nos Quadros das Crianças Chorando possuíam, ainda, indicativos do que teria acontecido com as crianças. Eram mensagens subliminares escondidas nas pinturas. Veja a seguir alguns desses quadros. Analise com tranquilidade e atenção. Veja o que você descobre e comente.

Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando
Quadro das Crianças Chorando

Com o passar dos anos esses Quadros das Crianças Chorando ficaram ainda mais populares, atingindo seu auge nos anos 80. Surgiram relatos de diversos incêndios de residências que continham os quadros em seu interior, porém os quadros estavam sempre intactos. Isso reforçou a ideia de que os quadros eram amaldiçoados.

Giovanni teria pintado quadros de crianças mortas e violentadas por encomenda do diabo. Essas crianças tiveram suas almas aprisionadas nos quadros e, pelo caráter imortal das almas, os quadros ficavam intactos enquanto tudo ao seu redor queimava.

Não há muito a respeito do artista mas você pode buscar na internet mais informações a respeito de “Bruno Amadio”. Este é o nome verdadeiro do artista que ganhou fama e dinheiro, conquistando a admiração misteriosa de pessoas comuns, que compravam seus quadros de cenas bizarras: crianças maltrapilhas, chorando, estupradas, violentadas e mortas.

E se for Verdade?

Sobrenatural – O Exorcismo de Emily Rose

Sobrenatural – O Exorcismo de Emily Rose

Você já assistiu o filme O Exorcismo de Emily Rose? Este filme aparentemente foi baseado numa história real de exorcismo ocorrido na Alemanha.

Leia a Sinopse do Filme: Emily Rose (Jennifer Carpenter) é uma jovem que deixou sua casa em uma região rural para cursar a faculdade. Um dia, sozinha em seu quarto no alojamento, ela tem uma alucinação assustadora, perdendo a consciência logo em seguida. Como seus surtos ficam cada vez mais frequentes, Emily, que é católica praticante, aceita ser submetida a uma sessão de exorcismo. Quem realiza a sessão é o sacerdote de sua paróquia, o padre Richard Moore (Tom Wilkinson). Porém Emily morre durante o exorcismo, o que faz com que o padre seja acusado de assassinato. Erin Bruner (Laura Linney), uma advogada famosa, aceita pegar a defesa do padre Moore em troca da garantia de sociedade em uma banca de advocacia. À medida que o processo transcorre o cinismo e o ateísmo de Erin são desafiados pela fé do padre Moore e também pelos eventos inexplicáveis em torno do caso.

O CASO REAL
Anneliese Michel nasceu na Alemanha 1952. Foi criada em uma família bastante católica e, segundo relatos de seus familiares e colegas de faculdade era uma garota bastante religiosa e vivia segundo os costumes da igreja católica.

Após alguns episódios de convulsões e sintomas de depressão, Anneliese Michel, foi internada algumas vezes em um hospital psiquiátrico, onde fora medicada anteriormente. Sob efeito dos remédios ela ficava anestesiada, mas quando o efeito dos medicamentos passava ela apresentava um quadro cada vez mais grave.

As suspeitas de epilepsia não convenceram amigos e religiosos que suspeitavam de uma possessão demoníaca grave. Frustrada com a falta de resultados dos medicamentos e, cada vez mais atormentada, Anneliese Michel se convenceu que algo estava errado e que ela estava realmente possuída. A partir daí entrou em um abismo psicótico. ela que era extremamente religiosa, agora evitava e destruía artigos religiosos como crucifixos e passou a ter alucinações e ouvir vozes cada vez mais frequentes.

Anneliese Michel
A bela Anneliese Michel ainda jovem. Pouco Antes de ser possuída por espíritos malignos.
Sua família passa a deixar de lado o tratamento médico e se concentra na Possessão. Consultando diversos padres e fazendo correntes de oração constantes em torno de Anneliese Michel. Entre os sintomas da fase mais aguda de sua doença ela ficava agressiva, bebia sua própria urina, arranhava as unhas no chão e na parede e machucava gravemente a si mesma com mordidas, arranhões e batidas na parede.

Após algumas recusas da Igreja Católica, Anneliese Michel obteve com o Bispo em 1975, a autorização para ser exorcizada pelo padre Arnold Renz, segundo o ritual Romano. Muito sigilo foi exigido sobre o caso, visto que para Rituais de Exorcismos é preciso a autorização do Vaticano.

Anneliese Michel - O verdadeiro Exorcismo de Emily Rose
Anneliese Michel – Sofrimento e Tormento Duradouros.
Anneliese Michel - O verdadeiro Exorcismo de Emily Rose
Ferimentos e Marcas a que os Demônios a Expuseram.
Anneliese Michel - O verdadeiro Exorcismo de Emily Rose
Anneliese Michel tenta se livrar dos demônios em uma das sessões de Exorcismo.
Anneliese Michel - O verdadeiro Exorcismo de Emily Rose
Tanto sofrimento levaram à sua morte em 1 de Julho de 1976.
Anneliese Michel - O verdadeiro Exorcismo de Emily Rose
Entre 1975 e 1976, a garota passou por diversas sessões de Exorcismo que terminaram com a sua morte em Julho de 1976. Sempre com a família a seu lado para tentar amainar-lhe o sofrimento que se fazia pior a cada dia, a garota lutava com as poucas forças que tinha para se curar. Porém sem Sucesso.

As causas da morte foram, segundo a necropsia: desidratação e desnutrição. Além de Pneumonia contraída durante o grande período em que permaneceu deitada, sem forças para se mover.

O caso foi parar nos tribunais como relatado no filme “O Exorcismo de Emily Rose”. Os padres que participaram dos exorcismos foram julgados por assassinato. Após dois anos da morte de Anneliese Michel, seu corpo foi exumado e, segundo relatos, estava intacto e sem os sinais claros de decomposição pelo tempo que estava enterrado. O caso nunca foi reconhecido, mesmo pelo Vaticano, como Possessão embora os audios das sessões e as falas do demônios tenham sido utilizados como provas nos tribunais. Mas e se for verdade?

 

Secured By miniOrange