O Incêndio da Catedral de Notre Dame foi Previsto Por um Artista Francês no Século XIX?

No Último dia 15 de abril de 2019, o mundo assistia atônito o incêndio que destruiu boa parte da Catedral de Notre Dame, em Paris. Ao vivo, as chamas foram vistas destruindo um patrimônio cultural, religioso e arquitetônico mundial.

Essa obra-prima da arquitetura gótica era um grande ponto turístico e parada obrigatória para franceses e visitantes, que observavam incrédulos o Incêndio da Catedral de Notre Dame.

Conheça um pouco da história da Catedral de Notre Dame.

A Catedral de Notre Dame de Paris é uma das mais antigas e mais lindas catedrais feitas na arquitetura gótica. Su construção teve início por volta do ano de 528 d.C.

Ao longo dos séculos sua construção foi sendo completada e aperfeiçoada, mantendo sempre o estilo gótico, que consagrou sua aparência e representou uma ruptura e grande inovação frente às igrejas romanas antigas.

Fachada da Catedral de Notre Dame em Paris, às margens do rio Sena, com pôr-do-sol dourado, pombos voando e a noite caindo deixando o céu numa mistura de laranja, violeta e azul escuro.
Fachada da Catedral de Notre Dame de Paris, às margens do rio Sena.

A História da França se passa, em parte, naquela bela Catedral às margens do rio Sena. Aquela construção majestosa foi palco e suas gárgulas, esculturas e sinos, foram testemunhas de julgamentos e condenações à fogueira, coração de reis e até da beatificação de Joana D’Arc.

Além disso, o famoso escritor francês Victor Hugo escreveu, em 1831, o romance O Corcunda de Notre-Dame. Situando os acontecimentos na catedral durante a Idade Média, a história trata de Quasimodo que se apaixona por uma cigana de nome Esmeralda. A ilustração poética do monumento abre portas a uma nova vontade de conhecimento da arquitectura do passado e, principalmente, da Catedral de Notre-Dame de Paris. Fonte Wikipedia.

A Premonição do Incêndio da Catedral de Notre Dame.

Desenho da Fachada da Catedral de Notre Dame em Paris
Desenho da Fachada da Catedral de Notre Dame em Paris

Quem é O Artista Que teria Feito Uma Pintura Premonitória do Incêndio da Catedral de Notre Dame

Gustave Fraipont (1849, Bruxelas – 1923, Paris) foi um pintor, escultor, ilustrador e designer de cartazes. Nascido na Bélgica, ele mais tarde se tornou cidadão francês naturalizado.

Gustave Fraipont

Ele pintou inúmeros cartazes para empresas ferroviárias, incluindo Chemins de fer de l’Ouest e Compagnie des chemins de fer de Nord, bem como documentos oficiais e títulos em papel. Seu cartaz Pierrefonds, empresa do Norte foi reproduzido na revista Les Maîtres de l’Affiche (1895-1900). Ele contribuiu para muitos jornais e revistas, como o francês e o Paris Courier. Em 1905, ele foi nomeado pintor da Marinha.

Durante a Primeira Guerra Mundial, ele produziu várias composições para o jornal L’Illustration, incluindo os monumentos destruídos pela guerra: o Ypres Cloth Hall, a Catedral de Reims e a Prefeitura de Arras. Fonte Wikipedia.

A Obra da Premonição do Incêndio da Catedral de Notre Dame

Obra “Premonição” de Gustave Fraipont que Retrata a Catedral em Chamas

Controvérsias sobre a Premonição do Incêndio da Catedral de Notre Dame

Como trabalhou como ilustrador durante a Primeira Guerra, fez com que o artista Gustave Fraipont criasse diversas figuras sob encomenda, entre elas, a obra acima. O Incêndio da Catedral realmente aconteceu num bombardeio lançado sobre a capital francesa, durante a Primeira Guerra Mundial.

Catedral Incendiada Durante Bombardeio na Primeira Guerra Mundial.

Portanto, a gravura do incêndio foi a retratação de um momento histórico, porém, a grande controvérsia que chamou a atenção é justamente o nome atribuído à obra: “Premonição”. Estaria o ilustrador apenas retratando o que viu, ou seria uma premonição do Incêndio da Catedral de Notre Dame de 2019? E Se For Verdade?