Category

OVNIS

Category

A Misteriosa Aparição dos Crop Circle de Enki-Ea no Norte da Italia

Em 20 de Junho de 2011, um estranho desenho em formato de flor, com sete pétalas abertas com uma estrela de sete vértices no meio, foi encontrado em meio a um campo na região de Poirino, no Norte da Itália. A história da aparição chamou a atenção de ufologistas e pessoas ligadas ao ocultismo que foram visitar o local para estudar o fenômeno.

Uma análise minuciosa concluiu que era um Crop Circle. Porém, o mais misterioso estava por vir. As pessoas que estudaram a formação afirmam que havia uma construção muito precisa, além de dados dispostos em sete raios. Eram, segundo os espcialistas, escritos oito bits do código ASCII, que seriam um indício da autoria dos crop circles.

Ainda segundo os estudiosos, naquele junho de 2011, eles teriam descoberto uma criação do próprio “Enki-Ea”:

Enki-Ea, entre os sumérios, era o deus do abismo (o Abzu) das águas doces (dos rios, canais e da chuva). A água para os sumérios tinha um significado também relacionado com o conhecimento ou a sabedoria. Por este motivo Enki-Ea era também conhecido como o deus do conhecimento e da sabedoria, portador dos segredos da vida e da morte e o (deus) criador do Adamu, o homem de “barro”.

A região já era conhecida pelos fenoômenos ufológicos, mas, naquele junho de 2011, outros Crop Circles misteriosos, com informações em formato de dados conhecidos dos humanos, sugeriam uma comunicação de entidades e mitos ancentrais, que corroboravam as teorias dos antigos astronautas.

E Se For Verdade?

Leia mais sobre o Crop Circle de Enki-Ea: Thot3126

Leia Mais Sobre e Assista o Documentário que Está Chamando a Atenção das Pessoas na Web Sobre A Vida em Outros Planetas: No Meio de Nós

Neste Documentário: No Meio de Nós, apresentado pelo ator Renato Prieto (André Luiz no filme Nosso Lar, baseado no Livro Espírita Nosso Lar), você vai viajar pelas evidências de vida extraterrestre.

Não é a vida extraterrestre dos filmes com naves fantásticas que vêm em quantidade atacar a Terra, mas uma abordagem espiritual que é compartilhada por pessoas das mais diversas áreas do conhecimento.

Através do testemunho de Psiquiatras, Médiuns, Ufólogos etc, o tema dos alienígenas é tratado com grande seriedade e abre a nossa mente para a existência de uma inteligência superior que nos coloca, como seres humanos, num plano abaixo de desenvolvimento moral.

No Documentário No Meio De Nós você vai entender o real significado da Transição Planetária, e o momento em que as revelações sobre a vida fora do planeta Terra pode ocorrer.

No desenrolar do filme vamos, cada vez mais, compreendendo o conceito de consciência e equilíbrio cósmico, compreendendo que os extraterrestres são irmãos cósmicos que têm nos observado desde há muito, buscando nos guiar, sem interferir diretamente, nas nossas decisões para alavancarmos nosso desenvolvimento moral e alcancemos o desenvolvimento tecnológico e moral para realizemos todo o nosso potencial.

Confira abaixo o Documentário No Meio De Nós e descubra que existem mais segredos a serem desvendados em nossa vida do que supomos.

A Incrível História do Ucraniano Sergei Paramarenko, que Teria Viajado no Tempo Diversas Vezes.

O ano de 1958 foi especial e ao mesmo tempo estranho para alguns moradores de Kiev na Ucrânia, nos tempos da URSS. O Ucraniano Sergei Panamarenko ainda fazia planos para o futuro ao lado da noiva com quem se casaria naquele mesmo ano.

Sergei Panamarenko era um fotógrafo entusiasta e costumava sair pelas ruas de Kiev com sua câmera para fotografar a cidade, suas pessoas e paisagens. Em um dia de céu aberto ele consegue ver algo estranho nos céus de Kiev e resolve fotografar aquilo que descreveu como um OVNI em Forma de Sino.

Sergei Paramarenko Viaja no Tempo

Ao clicar o OVNI com sua máquina, Sergei Panamarenko sente algo estranho e quando tira os olhos do visor da máquina fotográfica percebe que a paisagem onde estava havia mudado.

Um pouco atônito com a situação, Sergei Panamarenko procura entender o que está acontecendo e começa a andar pelas ruas buscando as referências que conhecia da sua cidade Natal. Ele não reconhece as ruas nem os moradores, sequer consegue compreender a correria e os veículos daquela paisagem. A única coisa que Sergei Panamarenko consegue identificar é o idioma utilizado pela população quando foi abordado por policiais.

Os oficiais da polícia acharam estranho o comportamento de Sergei Panamarenko e o abordaram perguntando o que ele estava procurando e ficaram assustados com a resposta. Sergei Panamarenko disse a eles que estava fotografando a paisagem mas quando clicou um objeto estranho no céu, sentiu seu corpo estranho até que se deu conta que havia mudado de lugar, ou seja, tinha sido teletransportado para outro lugar.

Sergei Panamarenko ainda pergunta aos policiais sobre algumas ruas, as quais, segundo os oficiais, já não existiam mais ou haviam mudado de nome, há algum tempo. Os policiais pedem os documentos de Sergei Panamarenko e tomam mais um susto quando ele apresenta documentos com aparência de novos, porém datados de tempos antigos, mais precisamente do ano de 1956. Por isso aparentavam ser tão novos, já que Sergei havia saído de seu tempo em 1958.

Os policiais resolveram levar o “viajante” até uma delegacia e, posteriormente ele foi encaminhado para um psiquiatra, para atestar sua insanidade mental.

Sergei Paramarenko Conta sua História ao Psiquiatra

Sergei Paramarenko, O Viajante do Tempo em entrevista ao psiquiatra, em 2006, e a foto do seu documento de 1956. A Semelhança é incrível.
Sergei Paramarenko, O Viajante do Tempo em entrevista ao psiquiatra, em 2006, e a foto do seu documento de 1956. A Semelhança é incrível.

No consultório a história se repete. Em depoimento ao Médico Psiquiatra Sergei Panamarenko diz que foi transportado pelo tempo até o ano corrente que o médico confirma ser 2006.

Sergei Panamarenko ainda discorre sobre o acontecimento súbito que o trouxe até aquele ano futuro e mostra ao médico que não houve sequer um efeito sobre suas roupas, novas porém já fora de moda. Além disso, Sergei Panamarenko exibe sua máquina fotográfica dos anos 50 mas em incrível estado de conservação. O que intriga o psiquiatra que resolve revelar as fotografias contidas naquele filme antigo.

O Médico entra em contato com um laboratório especializado em revelações que seria capaz de manter a originalidade daquele filme delicado, que demandava técnicas há muito não utilizadas.

O revelarem as fotos, os peritos ficam surpresos. Era uma sequência de fotos da bela cidade de Kiev nos anos 50. Entre as fotos, havia uma que chamou a atenção por uma peculiaridade, um objeto voando ao lado de um prédio que parecia um disco voador ou, na descrição de Sergei Panamarenko, um Objeto Voador em Formato de Sino.

Sergei Paramarenko, O |Viajante do Tempo e a Foto do OVNI em forma de Sino
Sergei Paramarenko, O Viajante do Tempo e a Foto do OVNI em forma de Sino

O caso poderia ganhar grande repercussão e isso motivou o psiquiatra a oferecer um lugar seguro para Sergei Panamarenko até que eles conseguissem solucionar a questão. O “viajante” foi levado a um dormitório seguro e protegido com grades e câmeras de segurança, dentro da clínica psiquiátrica.

O Viajante do Tempo Sumiu

Sergei Panamarenko caminhava às vezes pela clínica e um dia, ao voltar para seu dormitório, simplesmente desapareceu. Os relatos dão conta que ele teria voltado para o dormitório e nunca mais saiu, quando foram verificar o quarto, ele estava vazio e sem sinais de arrombamento ou qualquer tipo de violação. Isso aumentou o mistério em torno da aparição de Sergei Panamarenko e gerou a famosa Lenda Urbana do viajante do tempo de Kiev.

Mas a história não parou por aí!

Sergei Panamarenko teria voltado no tempo, para 1958, quando desapareceu. Ele mesmo não sabia explicar como, mas naquele dia que voltou ao seu dormitório na clínica adormeceu e acordou em sua casa.

Sergei Paramarenko Volta para se Casar

Sergei Paramarenko, O Viajante do Tempo e Sua Esposa
Sergei Paramarenko, O Viajante do Tempo e Sua Esposa

Ao reencontrar sua noiva ele relatou toda a história e ela o encorajou a ir às rádios e Jornais da época para relatar o fato. eles acabaram se casando naquele ano e viveram uma vida normal até os anos 70 quando, segundo a própria esposa de Sergei Panamarenko, ele teria desaparecido novamente.

Misteriosamente ela acordou e não viu mais o marido em sua casa, o que levantou suspeitas que havia acontecido novamente um transporte para anos futuros.

Um tempo após o desaparecimento repentino de Sergei Panamarenko, sua esposa recebe um envelope contendo uma carta e uma foto. Era uma imagem de Sergei Panamarenko em uma praia na Ucrânia com um texto dizendo que ele havia viajado no tempo novamente e estava bem e muito seguro no longínquo ano de 2050.

E Se For Verdade?

▓▒░ TOP 20 OVNIS FILMADOS ☠ E Se For Verdade? ░▒▓

Os OVNIS ou UFOS – na sigla em inglês – têm nos visitado desde a antiguidade. Neste vídeo você acompanha 20 aparições capturadas em vídeo. São imagens impressionantes de Ovnis acompanhando aviões, sobrevoando cidades, fazendo rasantes sobre a população ou acompanhando pessoas nas estradas. Estes vídeos mostram que existe uma realidade paralela que não é mostrada na grande mídia.

Um grande número de luzes no céu e acontecimentos estranhos que decorrem das aparições OVNIS são relatadas, cada vez que um novo vídeo é mostrado. Isto tem ocorrido em todo o mundo e cada vez mais os registros em vídeos têm sido feitos. Cada dia mais fica difícil negar a existência dos OVNIS. São Imagens impressionantes de uma realidade quase inacreditável.

Qual será a verdade que escondem a respeito das aparições OVNIS? Eles são Reais? E Se For Verdade?

 

Veja mais vídeo em nosso Canal no Youtube.

Leia mais Sobre OVNIS

Leia Mais sobre Mistérios do Mundo

 

Eram os deuses astronautas?

O Livro Definitivo pra Você Conhecer os Mistérios da Nossa História

Em 1968, Erick Von Däniken lançou o livro Eram os Deuses Astronautas?. Um best-seller que teve sua venda proibida em muitos países no século XX.

Capa do Livro: Eram os Deuses Astronautas? de Erick Von Däniken
Capa do Livro: Eram os Deuses Astronautas? de Erick Von Däniken. Editora Melhoramentos 2005.

O Livro Eram os Deuses Astronautas? faz uma análise minuciosa a respeito de rituais e lugares misteriosos do mundo. Além de abordar a arte como forma de manifestação da visão das civilizações antigas sobre a vinda de seres mais avançados em nosso planeta.

Classificado em catálogos como Arqueologia, Civilizações Antigas, Influências Extraterrestres e Vida em Outros Planetas. O Livro Eram os Deuses Astronautas? não pretende oferecer novas explicações para contrariar as definições estabelecidas. Porém o autor o coloca como um convite à discussão.

Pois apresenta uma série de evidências que permitem uma séria análise sobre a veracidade daquilo que aprendemos. Os argumentos do autor não são diferentes dos principais livros história. Mas ele dá uma nova interpretação, a partir da narrativa habitual, inclusive utilizando as narrativas bíblicas ao pé da letra. Mas apresenta uma observação peculiar oferecendo o contraponto entre a narrativa e as evidências físicas do que poderia ter acontecido.

Basicamente a discussão gira em torno da formação cultural e avanço tecnológico ter influência alienígena. As evidências arqueológicas de que existiram ferramentas avançadas e técnicas desconhecidas de construção fazem parte do acervo de argumentos do autor.

A existência de diversas narrativas de deuses em carruagens de fogo, além de figuras rupestres com figuras em forma de astronautas dão a tônica de outras argumentações. A mitologia de cada lugar misterioso e também a cultura popular são base para uma interpretação muito bem desenvolvida de que realmente é possível haver participação extraterrestre em nossa formação civilizacional.

O Livro Eram os Deuses Astronautas? foi escrito em XII capítulos distribuídos da seguinte forma:

Capítulo I – Eram os Deuses Astronautas?

Há Outros Seres Inteligentes no Cosmo?

Neste capítulo o autor, Erick Von Däniken, aborda temas relacionados a Inteligência Extraterrena, Vida sem Oxigênio ou em Ambientes Letais ao Homem. Ele levanta questionamentos, entre outras coisas, a existência de mais de 100 bilhões de estrelas, apenas na Via-Láctea e a possibilidade de haver vida em pelo menos 1% delas. Além disso, fala em experiências que comprovam que não haveria, para existência da vida, uma atmosfera como a nossa. Isso só seria necessária para a vida humana, mas se houvesse outras formas com outras características físicas, isso seria possível e provável.

 

Capítulo II – Eram os Deuses Astronautas?

Quando Nossa Espaçonave pousou…

Neste capítulo o autor aborda a viagem em naves espaciais falando do futuro. A partir de uma hipotética viagem a partir da Terra, ele nos leva a raciocinar sobre um pouso em um planeta distante. Estaria o Homem da Terra, pousando diante, por exemplo, de uma civilização extraterrestre atrasada. Assim como os Deuses Astronautas do passado, encontraram nossos ancestrais há 8mil anos. Através deste exame de como seria ele nos leva a uma reflexão de como seriam os registros da civilização deixados para a posteridade. Traçando um paralelo com a nossa civilização antiga quanto às pinturas rupestres e registros rudimentares dos visitantes que teriam pousado aqui antigamente.

 

Capítulo III – Eram os Deuses Astronautas?

O Mundo Improvável do Inexplicado

Nesta capítulo,Erick Von Däniken, trata de mapas geográficos encontrados e datados e de aproximadamente 11mil anos atrás. Levando em consideração que, ao tempo da criação destes mapas, sequer o homem tinha conhecimentos ricos em astronomia. A bem pouco tempo atrás a Terra era Plana, para a maioria da população mundial, e as ideias de Pitágoras a respeito do formato da Terra não ser plano – as primeiras a respeito – datam de 300 anos a.C., aproximadamente.

Além disso, o autor apresenta a hipótese de algumas ruínas e locais misteriosos poderem ser aeroportos antigos. Ele faz uma relação entre a evolução da nossa civilização – a viagem ao espaço e os trajes espaciais – com a possibilidade de civilizações mais avançadas poderem visitar outros planetas e transferir tecnologia aos antigos habitantes.

Para embasar suas teorias ele também recorre à mitologia que descreve as aparições, ainda que na linguagem de Deuses e Divindades descendo dos céus, mas levando ao raciocínio a respeito de evidências muito parecidas. Datadas das mesmas épocas em lugares muito distantes.

 

Capítulo IV – Eram os Deuses Astronautas?

Seriam Astronautas os “Deuses”?

Neste capítulo, o autor fala com base nas narrativas bíblicas e mitologias que falam em Deuses e Estrangeiros que desciam dos céus. Analisando os textos sem o viés místico, Erick Von Däniken leva o leitor a raciocinar a respeito das descrições. Ele argumenta que os “Estrangeiros” e “Deuses”, segundo as descrições desciam dos céus e tinham grande influência sobre os habitantes da terra. Há, nas narrativas, a menção às trocas de informações e entrega de conhecimentos que impulsionaram mudanças sociais das antigas civilizações.

 

Capítulo V – Eram os Deuses Astronautas?

Astronaves Procedentes do Espaço

Neste Capítulo, o autor fala sobre as relações próximas entre os humanos e os “Deuses” vindos do espaço. Também discorre sobre o épico Poema de Gilgamés. Descoberto na colina de Kuyundjik, no fim do século XIX. Fala sobre a primeira narrativa de uma viagem espacial. É o relato de uma testemunha ocular que teria sido levada para fora da órbita da terra e teve a oportunidade de voltar para contar. As placas com a narrativa escrita em linguagem arcaica é uma prova, segundo o autor, de que havia visitantes espaciais na antiguidade.

 

Capítulo VI – Eram os Deuses Astronautas?

Imaginação e Lendas Antigas…Ou Antigos Fatos?

Aqui, ele aborda novos relatos de “Carros Celestiais” e lendas antigas que falavam sobre visitantes. Também relata sobre o legado dos Maias. Uma civilização muito avançada para o seu tempo. Que nos legou diversos conhecimentos astronômicos, além de um calendário muito preciso. Novos relatos de povos que descreviam suas divindades em carros alados com fogo, também são parte deste capítulo.

 

Capítulo VII – Eram os Deuses Astronautas?

Maravilhas da Antiguidade ou “Espaços- Portos” Pré-Históricos?

nesta capítulo o autor se volta para o Egito antigo. Abordando a origem dos faraós, considerados divindades celestiais, em seu tempo. As técnicas de construção das pirâmides e a escolha precisa de suas dimensões e localização. Além disso, ele fala sobre as técnicas de criogenia utilizadas para fazer as múmias e preservar os corpos nos funerais de reis.

 

Capítulo VIII – Eram os Deuses Astronautas?

A Ilha de Páscoa – A Terra dos homens Pássaros

Neste capítulo Erick Von Däniken fala sobre os Mistérios da Ilha de Páscoa e as estranhas Estátuas Moais, formações rochosas que foram colocadas sobre a Ilha, e transportadas sobre seu território, de forma misteriosa.

 

Capítulo IX – Eram os Deuses Astronautas?

Os Mistérios da América do Sul e Outras Singularidades

Neste capítulo Erick Von Däniken fala sobre a América do Sul e suas civilizações antigas. Os mistérios e lugares distintos do continente que também teve suas civilizações pré-colombianas com tecnologia avançada e conhecimentos astronômicos modernos. Além disso fala sobre as crença em divindades celestiais, o culto a Deuses espaciais destas civilizações e as Misteriosas Linhas de Nazca. Também fala sobre seus símbolos e sua arte que remetem a viagens espaciais e visitantes de outros mundos.

 

Capítulo X – Eram os Deuses Astronautas?

A Experiência Espacial Terrestre

Neste capítulo Erick Von Däniken fala sobre nossa esperiência mais recente. Ele fala sobre cosmonáutica e a necessidade virente de viagens espaciais. Ele Fala também sobre UFOS e avistamentos, ainda que desacreditados e caluniados, como visitas que, em breve, os seres humanos farão a outros Planetas. Para embasar seus argumentos, ele cita o caso dos recursos finitos da Terra, que, um dia, deverão ser buscados em outros Planetas de igual atmosfera. Erick Von Däniken também aborda a tecnologia e o impulso que a Cosmonáutica dá ao avanço civilizatório. Além disso abre a discussão sobre corpos celestes que poderiam, na verdade, ser satélites artificiais.

 

Capítulo XI – Eram os Deuses Astronautas?

A Busca de Comunicação Direta

Neste capítulo Erick Von Däniken fala sobre a comunicação entre mentes, através da telepatia como ponto inicial da tentativa de comunicaçao Extraterrestre. Também fala sobre experimentos sobre comunicações espaciais e uma equação que calculou a possibilidade de existência de milhões de tentativas de comunicações interplanetárias.

 

Capítulo XII – Eram os Deuses Astronautas?

O Futuro

Neste capítulo Erick Von Däniken fala sobre o legado das visitas espaciais ao nosso Planeta e a responsabilidade dos humanos em dar sequência ao desenvolvimento civilizacional com a conquista do espaço cósmico.

 

O Livro Eram os Deuses Astronautas? é uma leitura indispensável para você que deseja saber mais sobre as civilizações antigas. Também é um grande arquivo de mistérios que podem mudar sua maneira de enxergar nossa civilização atual. O autor Erick Von Däniken fez um trabalho brilhante de pesquisa e paralelos entre a história bíblica, arqueologia, cosmologia e tecnologia. Este resumo em capítulos é apenas uma abordagem a respeito dos assuntos, e não pretende substituir a deliciosa leitura do livro.  Eram os Deuses Astronautas? está disponível em Edição Escrita ou Ebook. Boa Leitura!

 

Veja também:

Documentário Eram os Deuses Astronautas?

Nos anos 70 houve uma série de mortes de cabeças de gado no Brasil e nos Estados Unidos com características Semelhantes. Ovnis foram avistados em algumas partes do Estado brasileiro de Mato Grosso do Sul, e também no Missouri, Dakota do Sul, Colorado etc, nos EUA.

Esses Ovnis tinham características semelhantes ao grande número de Ufos já avistados. Objetos brilhantes que se moviam silenciosamente com muita rapidez que surgiam e desapareciam de repente.

O mais chocante não era o alistamento dos Ovnis, a esta altura, nos anos 70, o assunto já era conhecido e difundido entre as pessoas. Ainda que não fosse crível pela maioria da população, devido à falta de provas. O que mais assustava as pessoas era o efeito colateral que esses avistamentos trouxeram.

Tanto no Brasil como nos EUA, o cenário era devastador. À noite alistamento de Ovnis, pela manhã um cenário de morte. Os Avistamentos dos UFOS passaram a ser associada ao assassinato de diversas cabeças de gado.

Os Ovnis mutilavam os animais retirando órgãos, olhos, línguas, genitais etc, deixando apenas a carcaça. Porém, como se já não bastasse, não havia sinais de sangramento em torno dos corpos. A quantidade de sangue em volta da carcaça dos animais era pequena perto do estrago que deveria indicar aquela mutilação.

Esse aspecto levou a população que avistou os Ovnis a crer que os extraterrestres também colhiam o sangue dos animais. Deixando pra trás apenas a carcaça esquelética com o couro e outras partes que não seriam aproveitadas.

 

Ovnis – Os casos nos EUA e Brasil podem ser uma prova que os Extraterrestres precisam de elementos que só existem aqui.

 

Ovnis, Os Extraterrestres que mutilavam o Gado
Extraterrestres Mutilavam o Gado nos Anos 70

 

As testemunhas ainda confidenciaram que a precisão dos cortes era cirúrgica, bem diferente do corte que seria feito com as facas dos moradores locais. Além disso, havia bordas cauterizadas em alguns cadáveres, o que indica que havia um objeto quente que pode ter sido utilizado nas incisões. Tudo isso foi relatado pelas testemunhas.

Em alguns casos também, a polícia foi alertada da presença de helicópteros logo após o surgimentos dos Ovnis, o que despertou a suspeita de que o Governo Americano sabia das aparições e até as monitorava. Algumas carcaças que não foram encontradas, suspeita-se que foram levadas pelo exército para análise em laboratório.

E se For verdade?

Leia Mais Aqui.

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Os FooFighters eram Ovnis reconhecidos pelas forças aliadas nas batalhas aéreas travadas no Pacífico e na europa. Alguns casos de abatimento de aeronaves aliadas foram vinculadas ao aparecimento destes Ovnis. Não havia relatos de aeronaves nazistas abatidas pelos Foofighters. Isso gerou uma certa desconfiança a respeito do mistério.

Algumas teorias tentaram explicar o aparecimento destes Ovnis ao lado das aeronaves na hora do combate. Mas nada explicava aquilo que os pilotos que estavam em ação avistaram.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

FooFighters na Segunda Guerra Mundial. Eles vieram Somente Observar?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Todas as explicações não passaram de uma tentativa de suprimir que aqueles FooFighters estavam causando um grande medo nos pilotos pois era impossível alcançá-los. Segundo os relatos, os Ovnis aceleravam a velocidades incríveis e mudavam de direção com a mesma rapidez. Além disso, surgiam e desapareciam num piscar de olhos.

Muitas vezes os Ovnis voavam parelhos aos caças americanos dado a impressão de acompanharem o vôo apenas fazendo uma observação. Na época, muito se especulava a respeito das descobertas feitas pelos nazistas. Chegou-se a acreditar que os FooFighters eram armas criadas pelos nazistas para abater os inimigos, confundi-los e ganhar alguma vantagem.

Vale lembrar que os relatos de avistamento eram frequentes já no ano de 1944. O fim da guerra se aproximava e, como ficou conhecido depois, Hitler havia partido para uma Guerra tecnológica. A Alemanha já não tinha tantos exércitos e o Governo Alemão buscou super-armas para liquidar seus inimigos.

E Se For Verdade?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Secured By miniOrange