Os Experimentos Macabros do Dr. Mengele

Fatos

Um dos personagens mais bizarros do nazismo foi o médico Joseph Mengele. Seu entusiasmo por pesquisas, metodologia e apresentação de resultados lhe renderam uma vaga em Auschwitz.

O campo de concentração era o local perfeito para suas pesquisas. O grande número de prisioneiros no campo eram uma fonte de matéria-prima infinita. Sua dedicação e falta de escrúpulos produziram a combinação perfeita para uma matança desenfreada.

Mengele fazia todo o tipo de experimentos com os prisioneiros. Suas pesquisas iam desde a genética até a cura de doenças. Costumava desenvolver e testar armas químicas em suas vítimas. Depois, de forma metódica, dissecava seus cadáveres para analisar os resultados.

Injetava corante em prisioneiros ainda vivos entre outras atrocidades para observação dos sintomas. Tinha dedicação especial aos gêmeos que chegavam ao campo. Escolhendo sempre os idênticos para seu laboratório, seus experimentos eram variados. Mas sempre utilizava um dos gêmeos para aplicar alguma substância ou produzir gangrena nos membros. Quando o doente morria, ele assassinava o gêmeo que sobrava e dissecava seus corpos fazendo suas anotações e comparações.

Quando havia um surto de alguma doença no campo de concentração, Mengele exterminava os doentes bloco por bloco na câmara de gás. Realizava a limpeza do galpão e liberava para a chegada de novos prisioneiros.

e Se For Verdade?

e Se For Verdade?

Fatos Desconhecidos, Lendas Urbanas, Sobrenatural, Mistérios e Ovnis

Secured By miniOrange