O Homem Com o Poder Sobrenatural de Atravessar Espadas e Floretes por Seu Corpo, Sem Se Ferir.

Nas décadas de 30/40, o Holandês Arnold Gerrit Henskes, mais conhecido como Mirin-Dajo assombrou o mundo ao fazer suas exibições bizarras com floretes e espadas.

Segundo o próprio Mirin-Dajo, aos 30 e poucos anos ele teria recebido um recado de Deus a respeito de seu corpo. Ele descobrira que, ao contrário dos seres humanos, seu corpo era mais resistente ou quase indestrutível.

Para provar, ele deveria fazer perfurações em seu corpo para entender que ele não sangraria como as outras pessoas, muito menos sofreria danos nos tecidos ou mesmo a morte quando fosse submetido às sessões de perfuração que iniciaria a seguir.

A propósito de divulgar sua mensagem sobre a espiritualidade e a existência de um Deus divino, e também dos poderes de seu corpo, Mirin-Dajo põe em marcha suas caravanas com apresentações para platéias e programas de televisão.

A epopéia de Mirin-Dajo também passou por entrevistas a grandes revistas e demonstrações públicas e em laboratórios da veracidade do poder indestrutível de seu corpo.

As façanhas de Mirin-Dajo eram aplaudidas e, ao mesmo tempo, contestadas. Havia de fato um poder sobrenatural em seu corpo que permitia que ele fosse atravessado por espadas e florins em diversas partes do corpo, inclusive com os objetos atravessando seu coração, e continuar vivo?

Muitos afirmam que Mirin-Dajo passou por vários testes que comprovaram a sua capacidade de ser indestrutível. Como a famosa reportagem da Revista Time, sobre um teste realizado em Zurique, onde Mirin-Dajo vivia. Nesta ocasião ele teria assombrado os médicos incrédulos com sua invulnerabilidade às feridas.

Apresentações de Mirin-Dajo

Em 1948, segundo ele contou, foi instruído por seres superiores a engolir uma agulha de aço, para que ela fosse removida através de uma cirurgia. Com esse procedimento, ficaria comprovada sua invulnerabilidade aos prováveis ferimentos causados por estes objetos.

O Procedimento foi feito e, com sucesso, a agulha foi retirada com cirurgia realizada na cidade de Zurique. Porém, alguns dias depois da cirurgia, durante sua recuperação, o holandês de corpo indestrutível, foi encontrado morto em sua cama.

Segundo a autópsia, ele teria sido vítima de um rompimento da artéria Aorta. Informação que foi contestada por pessoas próximas que realmente acreditavam nas façanhas de Mirin-Dajo.

E Se For Verdade?