Category

Mistérios

Category

Satélites da Nasa que exploravam a superfície de Marte fotografaram um dos grandes mistérios do mundo. Ao revelarem as fotos enviadas pelos Satélites, os cientistas descobriram uma misteriosa formação que se assemelha a uma face humana.

Durante as viagens espaciais diversos astronautas relataram ter visto a formação de dentro das naves e também da estação espacial. O avistamento dessa misteriosa formação na superfície de Marte aumentou as desconfianças a respeito do que ficou conhecido como “A face humana em  Marte“.

O tamanho gigantesco da face, fazia possível sua visualização do espaço. Isso rapidamente gerou comparações com as pirâmides do Egito, que também podiam ser vistas do espaço. Discutia-se a possibilidade de ser obra de civilizações antigas que teriam deixado construções em diversas partes do planeta terra e também de outros planetas, possivelmente.

Diversas explicações foram apresentadas como reflexos da luz do sol ou erosão irregular na superfície. Porém nenhuma delas foi convincente para explicar aquele mistério. A questão instiga aqueles que acreditam em vidas inteligentes e astronautas antigos. Eles afirmam que é apenas mais um sinal deixado para que o homem descubra a sua própria origem misteriosa.

Monumento de Stonehenge, um dos Grandes Mistérios do Mundo!

O Monumento de Stonehenge foi construído com pedras simétricas de aproximadamente 4 toneladas, cada uma delas retirada de uma região específica da Inglaterra, transportadas, cortadas, alinhadas e empilhadas minuciosamente formando uma figura circular.

A origem da construção é tão imprecisa quanto sua utilidade real. Além disso, permanece um mistério a respeito de quando e quem realmente construiu Stonehenge.

Existem diversos aspectos que podem oferecer uma explicação. Embora seja impossível certificar-se da origem. O posicionamento das pedras, seu alinhamento e a figura formada, tem estreita relação com o que representaria o calendário Maia. Pois representa os eventos astrológicos e solstícios, apurados de acordo com a posição do SOL. Ou seja, seria uma espécie de calendário Solar antigo.

Embora possa parecer uma explicação simples, existe algo intrigante. O Calendário Solar estaria numa região isolada e sem qualquer civilização próxima ou rastros de cultura agrícola. Alguns arqueólogos atribuem esse fato ao mesmo motivo do sumiço da civilização Maia. Embora próximo a Stonehenge não haja os monumentos que formavam as cidades Maias.

O mistério em torno do monumento de Stonehenge ficou ainda maior, quando pesquisadores encontraram evidências, através da comparação de rituais de povos antigos, que indicam a utilização do monumento como forma de um portal.

Para alguns seria um portal de passagem, que também pode significar sacrifício ou enterro, pela simbologia da passagem para uma outra vida. Ou ainda, que Stonehenge seja um misterioso portal, onde forças cósmicas possam ser concentradas e atraídas através dos minerais contidos naquelas pedras, e utilizadas aproveitando o formato específico em que foram dispostas as estruturas desse lugar misterioso.

O formato do Stonehenge é curiosamente parecido com a plataforma de lançamento do Die-Glock, A Máquina do Tempo Nazista. Seria, portanto, um local de passagem para outro mundo, outra vida ou outra dimensão. E se For Verdade?

 

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

O Antigo Povo Rapanui, que habitava a Ilha de Páscoa, na costa Chilena, construiu centenas de estátuas de pedra chamadas Moai. Algumas Estátuas da Ilha de Páscoa estão apresentadas da cabeça para cima, outras com pernas e corpo completo. Algumas possuem textos e mensagens deixados pelos Rapanui.

A Intrigante presença dessas estátuas é motivo de grande polêmica, pois qual seria o sentido dessas esculturas. O que elas representariam. Até hoje na se descobriu para que servem e porque elas protegem o litoral da Ilha, enquanto outras protegem os templos do interior da Ilha, ao mesmo tempo que algumas ficam em penhascos como observadoras.

A Ilha de Páscoa está repleta delas. Algumas teorias falam em manifestação artística pura dos Rapanui e demonstração de grande organização e talentos naturais. Porém, existem correntes que dão conta de um grande emaranhado de estátuas em organização e posições não casuais que podem indicar uma referencia a Deuses antigos venerados pelos Rapanui.

Os povos antigos costumavam cultuar diversos Deuses. Sua relação com a Natureza era incrivelmente boa e eles colocavam cada elemento da natureza com um deus bom que traria prosperidade. No caso da Ilha de Páscoa não foi diferente. A Referência a esses deuses estaria justamente na criação de estátuas que protegessem a ilha e cultivassem sua volta um dia.

Algumas teorias indicam que as Estátuas da Ilha de Páscoa conhecidas como “Cabeças” teriam sido colocadas ao longo do litoral para que a ilha ficasse protegida. Ao que tudo indica, elas não possuem apenas a cabeça, mas um corpo gigante escondido embaixo da terra que, segundo a crença Rapanui, poderia se levantar contra agressores que embarcassem via Litoral ou que tentassem atravessar a extensão da Ilha.

Existem algumas estátuas com inscrições que seriam rituais de magia para proteção do povo Rapanui, e também as Estátuas da Ilha de Páscoa posicionadas nos altos penhascos e montanhas, que seriam olheiros e estariam mais próximas aos céus, de onde desceram os deuses. Além disso, há ainda os teóricos que afirmam que as Estátuas da Ilha de Páscoa representam a esperança e eterna vigilância daquele povo à espera da volta de seus Deuses Alienígenas. O que não se sabe é se a aparência é a representação de como eram realmente os Rapanui ou se era uma criação de como eles se imaginavam à imagem e semelhança dos deuses alienígenas que teriam feito parte da história daquele povo. E Se For Verdade?

 

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

O Médium Chico Xavier teria revelado a pessoas próximas, um acontecimento cósmico gigantesco para definir o futuro da terra e seus habitantes. A Profecia de Chico Xavier.

O motivo da reunião seria definir o que aconteceria caso o Homem não assumisse seu papel de morador da terra e, consequentemente, seu devedor de respeito. Além disso, o Homem deveria assumir uma postura conservacionista, diminuindo a poluição e otimizando os recursos naturais, distribuindo a riqueza igualitariamente a todas as regiões do globo Terrestre, sem distinção.

Este evento reuniu uma plêiade de autoridades espirituais capitaneados por Jesus Cristo, o espírito mais puro que teria reencarnado na Terra. Segundo o que foi revelado, Cristo teria intercedido em favor da humanidade no ano de 1969, para quando estava marcada a data final para o julgamento dos seres humanos. A intervenção seria um prazo que findaria em 2019.

O que ficou definido é que o Homem teria um prazo de 50 anos para se preparar para construir um novo mundo por suas próprias mãos. Segundo a informação que Chico Xavier teria passado, o Homem Deveria mudar a consciência coletiva através de atitudes e um novo rumo nas relações, transformando a sociedade de competitiva para colaboracionista, com um olhar mais preservacionista em relação à natureza e respeito à humanidade como uma grande irmandade.

O prazo final estaria próximo e o clímax da nova missão terrestre seria evitar uma Terceira Guerra Mundial. Se a humanidade conseguisse evitar a Guerra, receberia como recompensa um grande número de avanços tecnológicos e sociais que seriam entregues pelo plano espiritual, porém, caso não barrasse a violência, seria chegada a hora do Juízo Final. E Se For Verdade?

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Desde o século XVI essas Linhas de Nazca já foram mencionadas na literatura de exploração antiga. Localizadas no deserto de Nazca no Peru, as Linhas são tão famosas quanto misteriosas. Sua origem é desconhecida e isso gera a dúvida de como elas surgiram.

As Linhas de Nazca são formadas basicamente retirando-se as pedras superficialmente, revelando o solo calcário branco do deserto. Mas quem as teria feito e quais as ferramentas teriam sido utilizadas? Num primeiro momento seria simples imaginar a formação dessas linhas pela ação do homem. Porém a localização e o clima cruel do deserto de Nazca, ao mesmo tempo que favorecem a manutenção por tanto tempo dessas linhas, dificultam muito o trabalho do homem, ainda que tivesse feito por escravos.

A falta de vento e chuva ajudam a explicar porque o solo continua marcado, mas a precisão com que foram feitas linhas retas de até 400m de comprimento continuam a intrigar os pesquisadores.

Às Linhas de Nazca são atribuídos significados religiosos e a autoria atribuída, por alguns, às civilizações pré-colombianas que habitavam o sul do Peru. Ainda que haja razão para se pensar dessa forma, qual o propósito de se fazer linhas que não podiam ser compreendidas estando-se na superfície da terra?

A história das Linhas de Nazca teriam sido modificadas quando foram feitas suas primeiras imagens do céu. Elas formavam figuras geométricas e imagens de animais terrestres. As linhas se alongam pela planície desértica formando um sem n;mero de imagens belíssimas e misteriosas.

No caso das civilizações pré-colombianas terem criado as linhas, como elas tinham noção da forma final se não havia tecnologia para olhar as formações por cima? Como saberiam que a forma criada estava proporcional ou as linhas seguiam perfeitamente retas?

Outro fato curioso é que as linhas se aprofundam exatamente 15cm nas pedras para revelar o solo e revelam uma superfície extremamente regular e limpa, solada por calcário. Diversos grupos de pesquisa entre cientistas, arqueólogos, antropólogos, geólogos etc tem visitado a região para estudar e encontrar a principal dúvida: Qual o motivo das linhas terem sido feitas?

Lugares Misteriosos do Mundo - As Linhas de Nazca
Lugares Misteriosos do Mundo – As Linhas de Nazca

 

Lugares Misteriosos do Mundo - As Linhas de Nazca
Lugares Misteriosos do Mundo – As Linhas de Nazca

 

Lugares Misteriosos do Mundo - As Linhas de Nazca
Lugares Misteriosos do Mundo – As Linhas de Nazca

 

Lugares Misteriosos do Mundo - As Linhas de Nazca
Lugares Misteriosos do Mundo – As Linhas de Nazca

As explicações mais comuns são: culto religioso das montanhas e canais de irrigação. Porém há aqueles que acreditam ser uma representação de nossa natureza. Uma oferenda aos deuses que vinham do céu para que eles soubessem o caminho para voltar à Terra, uma vez que foram embora. As Linhas de Nazca seriam uma área de pouso de naves espaciais e que as figuras geométricas funcionariam como instrumentos de navegação. E Se For Verdade?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Há uma floresta no Japão conhecida como a Floresta do Suicídio. A floresta de Aokigahara é um lugar misterioso e amaldiçoado para alguns.

É uma floresta localizada ao pé do Monte Fuji, ícone da paisagem japonesa. É uma paisagem deslumbrante conhecida como mar de árvores, devido à densidade da vegetação do local. O que a Floresta tem de deslumbrante também tem de assustadora e sombria. O silêncio mórbido e tão estranho quanto a falta de vida animal na região.

Com seus aproximadamente 30km quadrados de área, a floresta não acorda nem dorme ao sons naturais de pássaros e outros animais. Isso completa o cenário assombrado que atrai tantos visitantes quanto mortes.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”2_3″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/09/floresta-do-suicido-01.jpg” alt=”Aokigahara – A Floresta do Suicídio” title_text=”Aokigahara – A Floresta do Suicídio” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”] [/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_3″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Entrada de Okigahara, muitas pessoas passaram por esta entrada e nunca mais voltaram.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Outro aspecto estranho da Floresta do Suicídio está no fato de que lá, as bússolas não funcionam corretamente. Cientistas atribuem ao solo rico em ferro e outros metais. Essa concentração atrapalha o bom funcionamento dos aparelhos de orientação.

Terra rica em trilhas e cavernas, Aokigahara tem um passado e presente sombrio que projeta um futuro ainda mais assustador. A atração turística atrai muitos visitantes e cobra um preço alto fazendo com que alguns deles paguem com a vida.

Segundo relatos de visitantes é comum se deparar com objetos de pessoas que já estiveram ali, como: sapatos, meias, blusas aparelhos eletrônicos etc. Muitos deles pertencem a pessoas que se perderam na floresta e foram resgatados sem vida, outros são objetos levados pelos pais de vítimas que se mataram na floresta.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”2_3″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/09/floresta-do-suicido-03.jpg” alt=”Aokigahara – A Floresta do Suicídio” title_text=”Aokigahara – A Floresta do Suicídio” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”] [/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_3″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Alguns objetos das vítimas são encontrados ao longo das trilhas da floresta e são recolhidos pelo local.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

A fama de lugar maldito e misterioso vem de longe. As mais de 150 mortes ocorridas no local aumentam as especulações sobre a Floresta Assombrada.

O que se sabe é que muitas das vítimas se perdem na floresta e acabam morrendo por falta de água e comida, outras são vítimas de ataque cardíaco, pelo desespero de se verem perdidas no “mar de árvores”. Além disso existem aquelas que saíram da floresta mas tiveram alguns sintomas de paranóia pelo tempo que ficaram no silêncio macabro de Aokigahara, escutando apenas assustadores chamados de almas residentes no local.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”2_3″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/09/floresta-do-suicido-02.jpg” alt=”Aokigahara – A Floresta do Suicídio” title_text=”Aokigahara – A Floresta do Suicídio” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”] [/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_3″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Ossada de uma das vítimas da floresta do Suicídio. Segundo relatos dos visitantes, é possível se deparar com ossadas quando se vasculha a floresta.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

O que mais intriga as pessoas e dá a Aokigahara o título de “Floresta do Suicídio” é o número assustador de suicídios cometidos no local. Entre cartas e bilhetes de suicidas é comum encontrar algum tipo de referência ao local. Em algumas é possível entender que, para os suicidas, a floresta é o: “local perfeito para morrer”.

Para as pessoas existe algo no local que atrai as pessoas que não querem mais viver. Dizem que a floresta tem um compromisso com a morte dos seres humanos em detrimento da vida das árvores. Para eles existe uma relação entre as almas que se perdem que atraem os suicidas para lhes fazer companhia, naquele lugar silencioso e solitário. Além disso dizem que as árvores incorporam as almas dando-lhes a chance de reviver de outra forma.

A este fato se atribui a existência de tantas árvores no local, sem a presença de outros animais, além das vozes que se escuta sem que haja pessoas por ali. E se for verdade?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Ilha das Bonecas Fica no México, próximo à sua Capital, um dos destinos turísticos e mistérios do mundo mais assustadores já conhecidos. Trata-se de uma região bastante populosa, porém a situação muda logo que se está nos domínios do pântano da Ilha. Ali, a paisagem macabra é por onde caminham milhares de pessoas em busca de respostas para esse grande mistério.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_map admin_label=”Mapa” address=”Parque Ecológico de Xochimilco, 16036 Ciudad de México, D.F., México” address_lat=”19.290507812696237″ address_lng=”-99.09744137895969″ mouse_wheel=”off” use_grayscale_filter=”off”]

[et_pb_map_pin pin_address=”Antiguo Canal Cuemanco 121, Pista Olímpica Virgilio Uribe, 16036 Ciudad de México, D.F., México” pin_address_lat=”19.29065755072397″ pin_address_lng=”-99.09795636309053″] [/et_pb_map_pin]

[/et_pb_map][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

A história da b ganha cada vez mais visibilidade e a controversa história sobre uma menina morta misteriosamente no local é o ponto de partida para que as bonecas apareçam nas árvores, cercas e mangues. Segundo se conta, uma garotinha teria se perdido no local e foi encontrada morta, de forma misteriosa. Seu corpo foi resgatado boiando no pântano e a causa da morte nunca foi conhecida.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/08/ilha-das-bonecas-01.jpg” alt=”Ilha das Bonecas no México” title_text=”Ilha das Bonecas no México” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

 

[/et_pb_image][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”center” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” text_font_size=”11″]

Uma das bonecas vira casa de insetos na Ilha das Bonecas.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Dias depois uma boneca foi encontrada também, boiando no pântano. Essa boneca foi retirada da água e desde então se tornou o símbolo da Ilha das Bonecas. Sendo a Primeira de muitas a serem penduradas no local.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”1_2″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/08/ilha-das-bonecas-julian.jpg” alt=”Ilha das Bonecas no México” title_text=”Ilha das Bonecas no México” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

 

[/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_2″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

DON JULIAN, O GUARDIÃO

Julian Santana Barrera é o guardião da Ilha das Bonecas. Ele era responsável pela segurança e por manter afastados da ilha os caçadores e pescadores ilegais. Foi ele que encontrou o corpo da garota morta e, posteriormente, sua boneca. Atormentado pela culpa de não ter conseguido salvar a garota, Don Julian, como ficou conhecido, decidiu fazer uma homenagem à menina utilizando sua boneca como um símbolo de adoração, como se a garota ainda estivesse viva em algum lugar da ilha. 

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Don Julian, permanece como guardião da Ilha. Porém, sua missão se tornou ainda mais bizarra. Ele assumiu o compromisso com ele mesmo e com a alma da garota morta, que iria cuidar para que ninguém a fizesse mal ou retirasse sua boneca da ilha. Desta forma, eles estariam ligados e ela poderia perdoá-lo por não ter conseguido salvá-la.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/08/ilha-das-bonecas-02.jpg” alt=”Ilha das Bonecas no México” title_text=”Ilha das Bonecas no México” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

 

[/et_pb_image][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”center” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” text_font_size=”11″]

As bonecas são de diversos modelos e algumas ostentam um bizarro sorriso.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Ao longo do tempo, Julian continuou a colocar mais e mais bonecas na ilha. Todos os tipos, modelos e tamanhos. As bonecas começaram a fazer parte da paisagem e o guardião nunca parou de colocá-las nas diversas áreas disponíveis na ilha. O estado de conservação das bonecas não importava. Eram todas bem-vindas à pois elas poderiam carregar as boas lembranças de alguma garotinha que não estivesse entre os vivos e que pudessem fazer companhia àquela que ele tanto amava, mesmo sem ter conhecido.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/08/ilha-das-bonecas-03.jpg” alt=”Ilha das Bonecas no México” title_text=”Ilha das Bonecas no México” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

 

[/et_pb_image][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”center” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” text_font_size=”11″]

São muitas bonecas, e há muito tempo estão lá.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Esta quantidade de bonecas criou um cenário assustador e gerou os mais estranhos relatos. Em meio a braços arrancados, bonecas decapitadas, com apenas um ou sem nenhum olho, bonecas sem cabelo, roupas rasgadas etc, muitos visitantes relataram que percebiam as bonecas perseguindo as pessoas com o olhar. Outras viravam a cabeça monitorando as pessoas que andavam pela beirada do pântano.

Outros visitantes e o próprio Julian, relataram escutar sussurros confusos próximos à grupos de bonecas. Esses sussurros com vozes aparentemente infantis ajudaram a gerar todo o mistério que ronda a Ilha das Bonecas.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/08/ilha-das-bonecas-05.jpg” alt=”Ilha das Bonecas no México” title_text=”Ilha das Bonecas no México” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”center” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

 

[/et_pb_image][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”center” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” text_font_size=”11″]

Espalhadas pela região, elas estão em toda a parte e compõe um ambiente bizarro.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Esses relatos, o cenário desolador e triste, a história da garota morta e a vida de Julian, ajudaram criar uma lenda: cada boneca ali possui a alma de uma criança morta. Por isso os sussurros e os movimentos das bonecas nas árvores, e a sensação que elas têm vida. E se for verdade?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Text” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

O Alinhamento das Pirâmides do Egito é alvo de muitas especulações. Sua construção, formato e função. Nos livros de história elas são consideradas os túmulos dos faraós e simbolizam sua majestade e sua grandeza.

As Pirâmides têm muitos mistérios não decifrados como, por exemplo, o perfeito alinhamento com o Cinturão de Orion. Quando observados em relação às estrelas, as pirâmides apresentam um posicionamento peculiar e um número específico que  espelha algumas estrelas da constelação.

Os egípcios são conhecidos por diversas características e talentos, entre eles o politeísmo e o vasto conhecimento astrológico. Essas duas características se fazem muito importantes quando se referem a este mistério do Alinhamento das Pirâmides. As diversas dúvidas sobre as pirâmides apontam para uma questão: o posicionamento delas em relação às estrelas.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Row”][et_pb_column type=”3_4″][et_pb_image admin_label=”Image” src=”http://eseforverdade.siteoficial.ws/wp-content/uploads/2016/04/orion-constelacao.jpg” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”off” sticky=”off” align=”left” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” alt=”Alinhamento das pirâmides do Egito” title_text=”Alinhamento das pirâmides do Egito”]

 

[/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_4″][et_pb_text admin_label=”Text” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” text_font_size=”11″]

Repare que existem três estrelas destacadas que formam o famoso cinturão de Orion. O Alinhamento das Pirâmides está perfeitamente de acordo com este cinturão.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Text” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

O Alinhamento das Pirâmides Está Relacionado à Navegação Extraterrestre?

Não por mera coincidência elas foram dispostas desta forma. Mas qual é o motivo. Segundo as adorações e heranças culturais do Egito Antigo, os diversos deuses vieram do céu. Os Faraós eram considerados de uma linhagem real, descendentes diretos dos deuses. As pirâmides eram seus túmulos, onde o faraó encontraria o caminho da vida eterna ou seu portal para as estrelas.

Seguindo este raciocínio, o alinhamento das pirâmides à constelação, leva em consideração o vínculo dos faraós aos deuses Extraterrestres. O posicionamento seria uma forma de localizar os túmulos dos principais faraós para que os deuses extraterrestres pudessem ser guiados numa possível viagem à terra. Neste caso, viriam em busca de seus descendentes na Terra para levá-los de volta para as estrelas.

Embora as pirâmides não estejam completas, sabe-se que havia uma estrutura diferenciada no topo. eram triângulos de um material pouco conhecido mas que, segundo as teorias, teria ligação direta com a energia das estrelas às quais estão alinhadas.

Através desta energia seria possível criar uma forma de viajar pelo espaço até a terra de forma rápida. E Se for Verdade?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Secured By miniOrange