Conheça o Objeto Amaldiçoado onde Viveria o Demônio

O Comerciante Kevin Mannis, em busca de antiguidades para sua loja, encontra em vendas de garagem diversos objetos interessantes e bastante lucrativos. Como sempre faz, ele sai para o que seria mais um dia de caça a objetos valiosos.

Naquele dia, uma caixa de madeira chama a atenção de Kevin que decide comprá-la, após pagar, ele é alertado por uma mulher que a caixa possui um Dibbuk. Indiferente ao que seria isso, ele agradece e vai embora com a Caixa Dibbuk e outros objetos para sua loja.

O que é um Dibbuk?

Segundo a mitologia Judaica, Dibbuk é uma entidade demoníaca que costuma possuir pessoas vivas em busca de satisfazer suas necessidades. Uma vez que conquista seus objetivos ela deixa o corpo para possuir outro deixando um rastro de maldades e malefícios.

Os Dibbuks São Entidades Possessivas Que Causam Dor e Sofrimento aos Seus Possuídos.
Os Dibbuks São Entidades Possessivas Que Causam Dor e Sofrimento aos Seus Possuídos.

Além disso, atribui-se a esses espíritos chamados Dibbuk, um passado de muita maldade e uma grande culpa pelos males causados, o que faria com que a entidade estivesse sempre em movimento para fugir da vingança dos desencarnados mortos por ela, mas inda podendo continuar sua sina de possessão e destruição.

A Caixa Dibbuk Faz Suas Primeiras Vítimas

Uma das funcionárias de Kevin, sem saber do que se tratava o objeto, ouve barulhos estranhos no estoque da loja e decide verificar. Quando ela desce as escadas se depara com objetos se movendo, um cheiro de carniça estranho e o barulho de vidros quebrando. Desesperada ela aguarda a chegada de Kevin na Loja para relatar o ocorrido.

Quando Kevin chegou à loja, ele ouve descrente os relatos da moça que após contar sua história pede demissão.

Sem entender direito o que estava acontecendo, Kevin se volta para a caixa de madeira e resolve presentear para sua mãe com uma bela caixa de madeira. Antes de entregá-la ele resolve verificá-la e limpá-la. Quando abre a Caixa Dibbuk ele percebe uma série de objetos dentro, além disso, conclui que era uma caixa de vinho, pois havia duas alças que seguravam vinhos.

A mãe de Kevin recebe com grande alegria aquele objeto bonito, que guardava itens bastante incomuns em seu interior. Um lugar de destaque em sua sala era o que a caixa merecia por sua beleza.

Ao sentar-se em frente à caixa, a mãe de Kevin sente-se mal e sofre um AVC, antes de desmaiar, ainda conseguiu escrever um recado. O papel dizia: No Gift (sem presente). Kevin, ao ler o bilhete, ainda consternado com o problema de saúde da mãe, resolveu levar a caixa embora. Mesmo que ainda não pensasse numa relação entre o presente e o ocorrido.

Em um fim de semana com a família, na mesma casa onde estava a Caixa Dibbuk, Kevin relata aos parentes o que havia ocorrido durante a noite: havia sonhado com uma bruxa que batia nele com força sem que ele pudesse se defender. Todos escutaram atônitos o relato e, em seguida, cada um deles relatou ter sonhado a mesma coisa.

Kevin começa a pensar que havia algo errado com a caixa de madeira e então resolve se livrar ao anunciá-la no eBay. No site do leilão ele descreve todos os aspectos da Caixa Dibbuk e também relata os acontecimentos, a esta altura, atribuídos a alguma coisa que havia na caixa.

A Caixa Dibbuk tem Um Novo Dono e Novas Vítimas

Iosif Nietsk um universitário bastante jovem, encontra o anúncio, sente-se atraído pela história do objeto e acaba fazendo uma oferta. Descrente do poder sobrenatural da caixa ele fecha o negócio e espera, ansioso, pela sua compra.

Iosif decide abrir a Caixa Dibbuk numa festa na república onde morava. De maneira a criar um clima e assustar as pessoas ele conta a história por trás da caixa e tudo aquilo que fora relatado pelo antigo dono. Depois de assustar a todos os presentes com aquela história macabra, ele abre a caixa e mostra os estranhos objetos contidos, aparentemente, sem conexão uns com os outros.

Após a Abertura da caixa, uma série de eventos estranhos são relatados pelos garotos da república, especialmente por Iosif Nietsk, quem a encontrou à venda no eBay e também abriu para as pessoas na casa.

Entre os acontecimentos estranhos Iosif Nietsk relatou: a presença de moscas em volta da caixa, pane em aparelhos eletrônicos, cheiro insuportável de carniça que emanava da caixa, além de pesadelos terríveis, que o motivaram a vender a caixa.

Iosif Nietsk anuncia a Caixa Dibbuk relatando que se tratava de um objeto estranho, com diversos acontecimentos atribuídos a ele e uma possível força demoníaca. O diretor de um museu de medicina da cidade onde Iosif Nietsk morava, Jason Haxton, acabou comprando a Caixa Dibbuk pelo eBay novamente.

O Novo Dono da Caixa Dibbuk

O Novo comprador estava ansioso e curioso por saber mais sobre aquele objeto e, logo nos primeiros dias de posse da caixa, decide estudá-la. Com a mesma pressa que teve para estudar o objeto, os acontecimentos estranhos começaram.

Jason Haxton e sua família foram afetados com sintomas estranhos de náuseas, a perda de paladar, pesadelos, doenças recorrentes e alucinações de demônios presentes nos cantos da casa.

Jason Haxton percebe que a Caixa Dibbuk é algo que merce atenção.

Qual a História da Caixa Dibbuk?

Jason Haxton decide ir a fundo na história da Caixa possuída e resolve procurar a vendedora original, que entregou o objeto para Kevin Mannis, o primeiro a anunciá-la no eBay.

Ele consegue encontrar as vendedoras originais e, enfim, teve acesso à história da caixa que datava dos anos 30 na Polônia, invadida pela Alemanha na Segunda Guerra Mundial.

No dia 10 de novembro de 1938, em uma sessão de invocação de espíritos, algumas mulheres judias polonesas, cansadas das atrocidades nazistas, entraram em contato com uma entidade e tentaram trazê-la ao nosso mundo.

A Sessão foi mal-sucedida, pois a entidade era maléfica. Desesperadas, as mulheres tentaram aprisionar a entidade em uma caixa para evitar que ela causasse mais males. Segundo o que consta, a entidade não foi aprisionada e passou a acompanhar as mulheres durante um longo tempo até o pós-guerra.

Uma das mulheres repetiu o ritual alguns anos depois e conseguiu, supostamente, aprisionar a entidade em uma caixa de vinhos. Desde então, esta mulher guardou a caixa consigo e não deixava ninguém sequer se aproximar.

A caixa possuída acompanhou a dona desde a Polônia até sua vinda para os Estados Unidos, e ficou sob sua guarda até o dia de sua morte. Quando ela partiu, seu desejo ser enterrada com a caixa não pode ser realizado, pois as tradições não permitiam. Por isso, a Caixa Dibbuk foi vendida na garagem onde Kevin Mannis teria comprado.

Qual o destino da Caixa Dibbuk?

Jason Haxton, então o dono da caixa, ainda procurou uma médium para tentar entender o que se passava com ela e, por fim, consultou uma livreira de uma loja de coisas exotéricas. Em uma das publicações da loja eles encontraram algo sobre o Dibbuk e como aprisioná-los.

Foi então que Jason Haxton mandou construir uma caixa com madeiras especiais e ouro para guardar a Caixa Dibbuk. Esta nova caixa funcionaria como uma arca para proteger o mundo externo do demônio Dibbuk.

Haxton, após conseguir selar a Caixa Dibbuk a escondeu em lugar seguro para que ela não pudesse mais causar males às pessoas e, desde então, seu paradeiro é desconhecido, bem como suas maldades foram cessadas.

E Se For Verdade?