A Babá Serial Killer

Fatos

Conheça a História de Helen Moore, a Babá Serial Killer Australiana.

A Vida de agressões de Helen Moore teria começando ainda aos 13 anos de idade. Ao perder para o irmão em um jogo, teria avançado em direção a ele e agarrado seus cabelos com tanta força, que teria arrancado parte deles e ferido o couro cabeludo.

Esse episódio isolado teria se tornado apenas o início de uma mudança de comportamento, agravada por um caso de assédio, que a Serial Killer Australiana teria sofrido aos 17 anos de idade.

As Crianças não Estavam Seguras com Helen Moore

A partir daí, nenhuma criança, nem mesmo os irmãos estariam seguros na companhia da garota. Ainda em 1979, o meio-irmão de Helen foi encontrado morto no berço, com apenas 14 meses de vida.

Pouco tempo depois da morte da criança, Helen Moore consegue um emprego de Babá. Logo em seu primeiro trabalho, ela foi acusada de causar problemas à criança, o que não foi comprovado.

Na segunda casa em que trabalhou, 2 crianças foram internadas. Novamente Helen Moore foi acusada, porém a causa mortis foi dada como natural. Embora houvesse sinais de asfixia em uma das crianças que, embora tenha sobrevivido (sua irmã morreu), teve sequelas gravíssimas.

O Incêndio Misterioso na Casa de Helen Moore

Um misterioso incêndio na casa de Jesse (mãe de Helen) quase vitimou o padrasto de Helen. Um acidente com o irmão da Serial Killer, quando ele tropeçou em um objeto e quebrou o braço, também fez parte do mistério posterior ao incêndio. Por fim, quando Jesse voltou para casa com seu marido, encontrou o filho (meio-irmão de Helen Moore) morto.

Vítimas da Serial Killer Helen Patricia Moore:

  • Andrew Stuart Moore, 2 anos, assassinado, em Claymore (1 de março de 1979)
  • Suzanne Louise McIntosh, 16 meses de idade, assassinada, em Dharruk (19 de maio de 1979)
  • Vaughan Robert Nicholson – 12 meses de idade; sobreviveu, em Claymore (16 de janeiro de 1980)
  • Rachel Ann Hay, 2 anos, assassinada, em Claymore ( 23 de fevereiro de 1980)
  • Aaron William Crocker – 2 anos; sobreviveu, mas ficou cego e incapaz de andar, em Claymore (1 de fevereiro de 1980)
  • Peter John Moore, 7 anos, assassinado, em Claymore (31 de março de 1980)

Helen confessaria seus crimes e teria dado mais detalhes sobre asfixiar as crianças com as mãos ou com travesseiros. Ela foi condenada a duas prisões perpétuas mas foi solta em 1993, após cumprir 13 anos de prisão.

Fonte e Foto: www.dailymail.co.uk

e Se For Verdade?

e Se For Verdade?

Fatos Desconhecidos, Lendas Urbanas, Sobrenatural, Mistérios e Ovnis

Secured By miniOrange